Seguidores

Translate

sábado, 30 de agosto de 2014

Tartufo

texto de: José Maria Souza Costa.




Aponta-me o dedo da acusação
Como se fosse honrado de amor.
Esqueceste na luta da agressão
Que da coitada, és o opressor.

Fingidio, saúda a noite e o dia,
Reza aos prantos, uma Ave Maria
Celebra a vida, à sabor de vinhos
E escolhe as rimas com sabedoria.

Veste-se de noivo, e bailando em valsa
Finge a calma tenra de um professor.
Sabe q'entre olhares, quase tudo passa
E se tudo passa, cria-se transgressor.

Entre risos, palmas e aparências, brota um agressor.
Entre argumentos e fingimentos, esconde-se o fingidor.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Flamboyant Amarelo

de:  Lucas Montenegro.



Me peguei sentado no meu quarto
Nada fazia, sozinho lá estava
E lembrando bem do momento
Talvez nem mesmo nada pensava

Então, olhei pela janela fechada
- a persiana estava, porém, aberta-
E lá fora, no sol de inverno
A tarde pareceu uma descoberta

Fiquei admirando a torre de para-raios
Que brota do teto de um galpão
E como bem lá no alto dela
Sem temer fez pouso o gavião

Vi mais atrás um flamboyant amarelo
Que não conseguia ver antes
Havia uma arvore que foi cortada
E seu fim me deu visão interessante

Olho como o vento brinca em seus galhos
E tira para dançar suas flores
Imagine a delícia de sua penumbra
E o úmido da terra abaixo em cores

Já valeu minha tarde sonolenta
E para ser ainda mais sincero
Já valeu ter nascido só pra ver
O vento no flamboyant amarelo


.......................................................
**  Lucas Montenegro, é autor do blogue:
http://palavraaovivo.blogspot.com
Carioca, Músico e Estudante de Psicologia - UFRJ


quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Pegadas Desalinhadas.

texto de: José Maria Souza Costa.




O Pai, acorrentou o filho pela perna, junto à uma cadeira, para que, este, não envolvesse-se, com delinquentes. Os vizinhos, o denunciou à Polícia. Esta veio, e frente à todos, algemou-o, colocando-o, em um camburão. Todos aplaudiram, o menino estava livre. E o Pai, acusado de crime de tortura.
Meses depois. O menino, capturado com outros delinquentes, foi jogado ao chão, de bruços, e algemado pela Polícia, foi conduzido ao Distrito Policial. Os vizinhos todos, aplaudiram a ação da Polícia.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Imutar

texto de: José Maria Souza Costa.




Amigos, há no palheiro.
Procura-se.
Na esquina do riso, Aplausos.
Busque.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Quase Decepção.

de: José Maria Souza Costa.




Toda nascente, despeja, as águas do rio, na direção do Mar.
Ainda que embaladas, pelo fenômeno Maré. Essas águas retornarão jamais, à nascente de origem.