Seguidores

Translate

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Saudade.

texto de: José Maria Souza Costa.



Olhar e imaginação, em comunhão com as fotografias de um tempo:
Prelúdios, cintilam idílicos germinantes, atrelado à condescendência
De imagens, que permanecerão no cérebro, ainda  em passatempo
De recordações, eternizando alegrias em momentos de adolescência.

Na observação da janela de busca: os meus brinquedos infantojuvenis
Pendurados na parede da memória, a contemplar as nossas saudades.
Perspirandos viés por luas, e os braços abertos por deslumbro infantis
Por que amanhã, será pátulos de ideias, fortalecidas nas adversidades.

Recordo dos laranjais entre manguezais, pendurados à orla dos quintais
Da vizinhança, a exalar aromas de tentação, entre as narinas de meninos
Pequeninos, encantados com gaiolas, seduzindo em silvo os passarinhos.

Saudades do lúdico, devaneio da boca de noite, derramando assombração
Em paisagens de pasmo, esparramando em sonhos, os olhares de crianças.
O momento mágico, de uma saudade, é quando o olhar atravessa a lágrima.



47 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá José Maria,sei que você retirou meu nome do Facebook,por eu não ter concordado em ver a minha foto junto àquelas que não são do meu agrado,mas estou aqui para lhe dizer
que os amigos são sempre verdadeiros e muitas vezes nos dirigem palavras que não gostamos e naquele momento achamos que são extremamente indelicados com palavras pífias,mencionadas à nossa pessoa.
Eu não fiquei magoada em saber que não consto mais em sua lista de amigos,mas deixo aqui meus parabéns pelos versos poéticos que hoje posta.
Aprendi na minha vida que cada um tem seu livre arbítrio.
Grata pela sua atenção e se não desejar,não publique esse meu comentário.
Abraços.
Carmen Lúcia.

EU disse...

Apreciei imenso a riqueza literária deste poema: possui uma rima interna, evocando as cantilenas e a cadência do tempo da meninice: a par há o encanto das metáforas e imagens.
Belo álbum de memórias.
Bjo José :)

Daniel Costa disse...

Belo soneto amigo José Maria, onde mostras uma grande sensibilidade literária, aliás como sempre.
Abraços

Crocheteando...momentos! disse...

Terminou na perfeição com a definição certa da palavra saudade!!!

Dorli disse...

Olá José Maria,

Lindo soneto, tu escreves como ninguém!
Também tiro da reminiscência a minha saudável infância brejeira.
Beijos
Lua Singular

AMBAR disse...

Hola José María.
preciosas y profundas tus letras.
Un buen domingo, un abrazo y hasta mi regreso.
Ambar

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Belo poema. Tenha um bom fim de semana.
Abraço,
Renata

Soledad del Sol disse...

Hermosos recuerdos cuando los evocas en tu presente, mucha sensibilidad en tremenda obra literaria.
Un abrazo.

Simone Felic disse...

Que lindas palavras , as de saudade me marcam , tem coisas que passam e não voltam mais.
bjs
http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Marli Terezinha Andrucho Boldori disse...

Boa noite, José Maria
que belo soneto. Que belas metáforas ......
Ah! a saudade é bem isso que escreveu. Mata-nos lentamente, corta-nos em lágrimas. Voltei a ter saudades. Parabéns, meu querido poeta. Tenha um lindo final de semana! Abraços!

Tamago disse...

This is beautiful.
Time when we were children sure was magical...and it seemed it would stay forever. It's been long time though.

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Boa noite,José.

Pérola de soneto.Emocionante.Saudade...palavra que só existe no nosso idioma e que tanto nos inspira!

Parabéns,amigo.

fiquei feliz ao ler seu comentário,pois ha muito não o via em meu espaço.

Obrigada pela visita!

Beijos e uma semana de alegrias

Donetzka

Face Book:


https://www.facebook.com/donetzka.cercck

Twitter: @donetzka13

Instagram: @donetzka


Blog Magia de Donetzka




Célia Rangel disse...

Na "parede de nossas memórias", sempre ficam expostas imagens belíssimas de uma recordação imorredoura... Belo poema de vida!
Abraço.

Jossara Bes disse...

Lindo e ternurento, feito sorriso menino lambuzado de saudade!
Felicidades para você!

wcastanheira disse...

Um mimo, _recordo dos laranjais...Uauaau q belo momento este guri é memso um belo show e recebe do tio Castanha, esperando por aquelas, mais quentinhas, mais coladinhas, um tri e gauchesco abraço tchê...

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi José Maria! Passando para agradecer a tua visita e amável comentário, bem como desejar um ótimo domingo para ti e para os teus.

Abraços

Furtado.

Ambra disse...

Buon inizio di settimana, mia cara. Ti lascio il mio abbraccio.

Marina-Emer disse...

siempre con cariño a saludarte y agradecer tu visita ...no diga nada no entiendo el idioma
besos
Marina

ReltiH disse...

UN TEXTO EXCELENTEMENTE GESTADO.
UN ABRAZO

Marisa Giglio disse...

José María , venho agradecer seu convite e sua visita ao meu espaço . Acredito que a blogosfera nos possibita conhecer gente de nacionalidade , credo , profissão e pele diferentes todos irmanados em busca do bem comum . Fico contente com mais uma companhia . Obrigada por partilhar tão belo poema . Abraços

Nal Pontes disse...

Lindo, ainda que um tanto de melancolia, saudades de um tempo muito distante. Um lindo dia prá vc. Uma noite linda. Abçs

Anônimo disse...

Adorei o momento mágico, abraço Lisette.

ONG ALERTA disse...

Adorei o momento mágico da lágrima, abraço Lisette.

Zilani Célia disse...

OI JOSÉ MARIA!
BELÍSSIMO, TOCA FUNDO NA ALMA, COM UM FECHAMENTO, DE UMA RIQUEZA POÉTICA INIGUALÁVEL.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Pastora disse...

José, mis felicitaciones por la belleza de tu blog.

Me encanto.

Saludo Pastora

http://entredosluces12.blogspot.com.es/

© Piedade Araújo Sol disse...

em forma de soneto, o Poeta lembra a infância e as saudades que ficaram.

muito bem rimado e rico na sua forma literária.

:)

Mariazita disse...

Olá, José Maria
Um lindo poema, a que foi dada a forma de soneto - a que mais aprecio no mundo da poesia.
A saudade está aqui perfeitamente retratada, com imagens alegóricas muito bem colocadas.
Parabéns!

Óptima semana.
Beijinhos

aLdE disse...

Maravilloso blog!!!

Gracias por la visita y las palabras tan lindas... Recibe un fuerte abrazo con cariño desde México!!!!

Excelente inicio de semana :)

Rita Sperchi disse...

Meu querido amigo vc é mesmo um grande artista, escreve com o coração e para nossos olhos, deixo meu abraço com meu carinho de sempre bjuss de boa semana

Rita!!!

Mirtes Stolze. disse...

Boa tarde José Maria.
Linda poesia.
Uma feliz semana.
Abraços.

São disse...

Gostei do texto, porque a saudade é sempre um tema tão caro à língua portuguesa ....


Abraço e feliz semana

Maria Adeladia disse...

Quem ama, sente saudades!A saudade é um sentimento que nos fazem felizes e ao mesmo tempo, tristes.Bjs amigo e um ótimo dia!

Fernando disse...

Olá José,
Seu poema me fez lembrar da minha infância. Não sei se essa era a intenção, mas guardo uma pequena saudade de uma época onde tudo era mais fácil. :)
Grande abraço
Blog Fernu Fala II

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
as recordações da infância permanecem para sempre na nossa memoria, toda a imaginação anterior e no presente é a continuidade da infância.
Fique bem
AG

http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Roselia Bezerra disse...

Olá, José Maria
O final do seu poema me emocionou pois uma lágrima escorrida é sinal de muito sentimento represado...
Abraços fraternos de paz e bem

Mariangela disse...

Oi José Maria, que lindo poema.
E como é bom sentirmos saudades dos tempos bons da nossa vida... é uma forma de revivermos tudo novamente!
Gostei muito da sua visita, obrigado!
Abraços,
Mariangela

Silenciosamente ouvindo... disse...

É sempre um grande prazer ler
os seus textos. Dentro das m/
escassas possibilidades de estar
ao PC durante umas semanas, tento
ir visitando os amigos.
Desejo que esteja bem.
Bj.
Irene Alves
Nem sei se somos amigos no Facebook, a minha página é
Marques Irene.

Graça Pires disse...

Saudades dos momentos mágicos...
Um belo soneto.
Beijo.

Evanir disse...

Saudades é um resumo de tudo que sinto nesse momento.
A saudade ñ fala ela grita com a força da alma.
Deixo meu carinho e um feliz final de semana.
Beijos..Evanir.

Nádia Santos disse...

Olá querido José, td bem?
Saudade pois sim, quem não sente?
De tudo, de todos... do passado, do presente e até do que não vivemos mas desejamos tanto. Linda poesia. Um bj pra ti e td de bom.

Carmem Grinheiro disse...

Boa tarde, José
Belíssimo seu poema à saudade.
Inquietante essa saudade que nos traz os cheiros e sabores. Que nos traz coisas de tão longe.
Abço amigo

AMALIA disse...

Bellas palabras y llenas de emoción.

Un abrazo

Andre Mansim disse...

Olá Jose Maria!
Rapaz, que poema bem escrito!
Cheio de idéias e imagens!

Parabens!

Jhully Ruane disse...

Que belo poema! Parabens, vim retribuir a visita e adorei seu blog! ja estou seguindo tambem!
beijos

http://leitorapaixonada19.blogspot.com.br

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Fantásticos versos e inspiração poeta.
Obrigado por sua presença e carinho em minha página.
abração com carinho

Beatriz Bragança disse...

Amigo José
Um belo poema nostálgico,com referência aos brinquedos da infância e aos perfumes dos laranjais do quintal.
Quanta saudade,que até faz com que lágrimas rolem sobre as nossas faces!
Parabéns.
Um abraço
Beatriz

林磊 disse...

2016-2-27 leilei
retro jordans 13
air max 90
ed hardy
adidas shoes
coach factory outlet online
toms outlet
ghd hair straighteners
coach factory outlet
hermes outlet
new balance shoes
gucci belt
jordan pas cher
ugg australia
oakley sunglasses
michael kors uk
jordan shoes
nike running shoes
nike trainers
louboutin pas cher
air jordan homme
ray bans
true religion
ed hardy uk
louis vuitton outlet
louis vuitton borse
louis vuitton outlet onlne
michael kors handbags
michael kors handbags
coach outlet
true religion outlet
air jordan shoes
chaussure louboutin
mizuno running shoes
burberry outlet
michael kors outlet
louis vuitton pas cher
mcm handbags
coach factory
michael kors outlet
fitflop sale