Seguidores

Translate

domingo, 1 de junho de 2014

Infinito.

texto de :  José Maria Souza Costa.



O que é a vida, senão, um perspectivar, no amanhã
E um ensaiar constante, à refugar-se dos dilemas ?.
Fingir, que as notas órfãs, serão inúteis rimas vã
Que pousa, por vias de incertezas, sem emblemas.

O que é a vida, senão o mapear de sonhos, sem tutela
Da saudade, escorados nas recordações da infância ?
Quase sempre, aromatizadas, e em cores cravo canela
Escrutinada nas praias, com sol e mar, e em relevância.

O que é a vida, além do olhar derramado na janela do tempo
Em impetração de fé e  meditações, dobrando os joelhos teus
Em rogo de paz, de luz, e seguimento cancionado entretempo
Para encontrar-se, consigo, edificando o pensamento a Deus?

O enlevo do olhar, o riso, a dança, as simpatias endossados,
Tudo dulcifica a vida, a escrita, a arte, a facilidade de refletir.
Na  Vida, são os passos marcados dos nossos antepassados
Que nos convidam, a seguir em frente, há tempo de discernir.


21 comentários:

Carlos Augusto Pereyra Martínez disse...

La vida como se observa en tu poema, lo es todo...UN abrazo. Carlos

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

A vida está por toda parte, como em seu lindo poema.
Um abraço,
Renata

Lisiane disse...

A Vida é bela, encantadora,, tanto quanto o seu poema...grande abraço!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

A vida é maravilhosa e conseguimos
caminhar com altivez,se tivermos a sensatez de colocarmos em prática o que aprendemos e o quanto poderemos ensinar àquilo que recebemos de herança.
Lindo amigo José Maria,uma ótima reflexão.
bjs
Carmen Lúcia.

Dilmar Gomes disse...

Belo poema reflexivo, amigo José. Muito bom!
Um abraço do sul do Brasil. Tenhas uma ótima semana.

Darío disse...

Ensayo y práctica... Un abrazo.

Zilani Célia disse...

OI JOSÉ MARIA!
PROFUNDA REFLEXÃO.
A VIDA DE CADA UM DE NÓS, É, REALMENTE,REFLEXOS DO QUE VIVEMOS,DE QUEM PASSOU POR NÓS E DEIXOU MARCAS NO DECORRER DELA E DE NOSSAS PRÓPRIAS CONVICÇÕES.
VERSOS BELÍSSIMOS, PARABÉNS.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Pakiba disse...

La vida es bella como su poema querido amigo.

Un abrazo

ReltiH disse...

si mi amigo, la vida es enigma y simpleza.
un abrazo

Leeticia disse...

Infinito, a vida é infinita para quem cre e para quem tem imaginação suficiente para viajar pelos tempos e permanecer no mesmo lugar.
Adorei o poema.
Beijos
neversaynever-believe.blogspot.com.br

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia,
A vida são os momentos que devem de ser vividos intensamente, adivinhar é proibido, como tal, nunca sabemos se o amanhã vai existir.
Abraço
ag

http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Arione Torres disse...

Oi amigo, a vida tem mais segredos do que nós pensamos, ela é cheia de surpresas inesperadas!
Tenha uma ótima semana, abraços!

Graça Pires disse...

Um poema que é uma reflexão sobre a vida.
O que é a vida? Afinal ela sempre será um pouco do que quisermos que seja.
Abraço

Sonia Tolfo disse...

José, já sou sua seguidora há algum tempo através do "mattiva". Adoro seus versos.A vida na janela do tempo!! Lindo.
Obrigada pela visita ao Tolfices.
Grande abraço!
Sonia

Juan José Romero Montesino-Espartero disse...

Aunque con algunas dificultades para traducir, me parece un buen poema.
Gracias por tu visita.
Pasaré de nuevo.

Maria Emilia Moreira disse...

Na vida, meu amigo, sempre temos que olhar em volta e encontrar os melhores caminhos. Um lindo poema que fala da realidade de forma muito bela. Bom resto de semana. Abraços.

Carlos Sousa disse...

Agradeço sua visita ao Fotomania. Cá estou para retribuir sua atenção.

Letícia Costa Tomsik disse...

Que possamos fazer da vida algo maravilhoso como seu poema!
Beijo
Letícia
www.leticiapsicologa.blogspot.com.br
www.tipoassimtomsik.blogspot.com.br

Carmem Grinheiro disse...

Olá José, antes de tudo, peço desculpa pela demora na visita, mas a vida prega-nos partidas, e não estive tão presente no blog como gostaria.
Mas cá estou para agradecer sua visita e dizer-lhe que me impressionou sua maneira de escrever e a maneira como você trata os temas da vida real, que às vezes parece-nos episódios de novela, não é?
"O que é a vida senão o mapear de sonhos" - vivemos sonhando, e por vezes perdemos demasiado tempo - achamos que o temos de sobra!- em ensaios e não chegamos à concretização, porque o tempo passou, a oportunidade fugiu, e a vida já não é hoje, da mesma maneira como a vimos ontem.
Lindo teu arremate: " Na Vida, são os passos marcados dos nossos antepassados/ que nos convidam a seguir em frente..." - e há que passar adiante o testemunho que nos foi deixado.
Abç amigo
Carmem

Anônimo disse...

We're a group of volunteers and starting a new scheme in our community.
Your site provided us with valuable information to work on. You've
done an impressive job and our whole community will be thankful to
you.

My web site: nike nike free

Beatriz Bragança disse...

Amigo José
Uma magnífica e poética definição de Vida!
Parabéns
Um abraço
Beatriz