Seguidores

Translate

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Balada para Venezuela

Texto de: José María Souza Costa.
           




Deshacerse las flores y silenciase el jardín de los sueños.

El que tenemos, más alla del alma, senão el grito de libertad ?
És la voz muda de sótanos, que aterrorizada grita, agítes,
Y el olor de gas desfallecente, arde contra la igualdad .

La v
oz de las calles, supliciada en la orquesta por las bayonetas,
Desparramado en la sangre, dibujo las dolores en acuarela.
Cuerpos mutilados, entre sonrisas del opresor y del bolígrafo
En un lesa crímenes de la Patria parias, en mi Venezuela.

Quién nos librará de este delincuente, senão unidos, el pueblo
E
n interminables marchas, hacia el Solo, con esperanza,
Para cantar la Letra Libre en los versos finos, a escribir de nuevo.

Fraternizado en nuestras estirpe, mover todo para salvar la Vida.
Agregados la tregua y sin fusil , clama al cielo azul índigo,
Por un arte lleno de filosofía, para rescatar,  la Patria Madre suave.



Balada para   Venezuela.


Esfacela-se as flores e silencia-se o jardim dos sonhos.
O que temos além da alma, senão o grito de liberdade ?
É a voz muda dos porões, que aterrorizada grita, agita,
E o aroma do gás desfalecente arde contra a igualdade.

A voz das ruas, supliciada em orquestra pelas baionetas,
Esparramada em sangue, desenha as dores em aquarela.
Corpos mutilados, entre risos do opressor e das canetas
Em um lesa crimes de Pátria párias, na minha Venezuela.

Quem nos libertará desse transgressor, senão unido, o povo
Em marchas infindas, na direção do Solo, com a esperança,
De cantar a Carta Livre, em versos tênue, a escrever de novo.

Irmanados em nossas raças, avançamos todos a salvar a Vida.
Agregados à trégua sem fuzil, clamaremos aos céus de azul anil,
Por uma arte plena de filosofia, para resgatar, a Pátria Mãe gentil.


24 comentários:

Abuela Ciber disse...

Pienso que sin libertad la propia Patria parece extraña

El "sin fusiles"lo apoyo totalmente.

Cariños y a pesar de todo......buen fin de semana

Gracita disse...

Olá José Maria
Que belo poema amigo!
Desejo que o seu final de semana seja pleno de lindas surpresas e muitas alegrias. Que a fé e esperança nunca lhe abandone e que os seus caminhos sejam coroados de êxitos. Nunca se esqueça que Deus te ouve mesmo nas horas que o teu silêncio fala mais alto que sua voz. Tudo de bom pra você!
Beijos no coração e afagos na alma.
Gracita

Dorli disse...

Oi José
Linda poesia!
Obrigada pela visita
Beijos
Lua Singular

Célia Rangel disse...

Sempre a favor da vida!
Abraço.

Marina-Emer disse...

Preciosa poesia para Venezuela .gracias por participar en mi blog es un placer recibirte
fekliz semana
besos
Marina

Laura Santos disse...

Extraordinário poema. Que todos os venezuelanos escutassem essas palavras...
Muito belo!
xx

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Linda poesia José Maria.
Obrigada da visita e um ótimo final de semana.
abraços
Carmen Lúcia.

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Mi querido José María. es indignante lo que está ocurriendo en Venezuela, no sé cuándo vamos a tener esa desea paz en la tierra, pero mucho hemos de orar.
Gracias por esta certera Oda a Venezuela.
Con ternura
Sor.Cecilia

Alondra disse...

Me duele Venezuela, una nación de gente maravillosa que últimamente sufre por falta de diálogo entre unos y los otros. Siempre "juan-pueblito" paga la prepotencia de unos pocos.
Gracias por el poema

Jossara Bes disse...

Forte, emocionante e belo!
Um grito de liberdade, igualdade e paz! Junto minha voz a sua!
Felicidades para você!
Beijos!

Zilani Célia disse...

OI JOSÉ MARIA!
RESGATAR A PÁTRIA MÃE GENTIL, QUE PODE SER A VENEZUELA OU QUEM SABE O BRASIL?...
LINDOS VERSOS, QUE TOCAM NOSSOS CORAÇÕES, POIS FALAR NA PÁTRIA É SEMPRE EMOCIONANTE, PRINCIPALMENTE QUANDO ESTAMOS A SENTIR QUE NADA ESTÁ COMO DEVERIA SER E NÃO SABEMOS ONDE BUSCAR AS SOLUÇÕES, PARECE QUE TODOS ESTÃO SURDOS, ESPERO QUE NÃO "CEGOS".
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

La Gata Coqueta disse...



Hoy la alegría me ha despertado con;
una sonrisa en los ojos,
un beso en los labios,
y los brazos extendidos,
para compartir contigo,
un abrazo de luz y armonía...

¡¡Feliz domingo salpicado,
por el rocío y aromas de la mañana!!


Atte.
María Del Carmen



Beatriz Bragança disse...

Amigo Jose
Uma linda balada!
Todos os venezuelanos hao de gostar de a ler!
Muitos parabens.
Beijinho
Beatriz

Ana Bailune disse...

Há causas e causas.
Acho que a deles é verdadeira.
Lindo demais!

Crocheteando...momentos! disse...

Uma verdadeira causa!
Belo poema!!!

Crocheteando...momentos! disse...

Uma verdadeira causa!
Belo poema!!!

Eloah disse...

Uma boa luta merece uma bela poesia feito canção porque o grito vem do coração.Amei!
Bjs Eloah

Pakiba disse...

Linda poesia dedicada a un país que lo está pasando un poco mal.
La libertad es lo principal.

Alexandra Abarca disse...

Saludos,

Ale
Costa Rica

Luiz Cidreira disse...

Todos nós já sabíamos que quando um reinado passa de pai para filho é assim mesmo, ditadura, é duríssima mesmo por lá na Venezuela, o Chaves deixou florescer, inchar até ficar maduro.
Agora o povo que tem a ver tudo com isso aguente a porrada dada.
E viva a DemoCradura... (junção de democracia e ditadura).
Abraço

jordim disse...

Muy grande.

Pérola disse...

Que belissimo soneto a retratar um país que se desenha no seu povo.

Beijo

Arione Torres disse...

Oi amigo, que poema mais lindo!
Uma balada que encanta a quem lê!
Tenha uma ótima semana, abraços!!

shengda xu disse...

adidas nmd r1
red bottom
louboutin outlet
heat jerseys
toms
coach factory outlet online
michael kors outlet clearance
longchamp pliage
tory burch shoes
coach outlet online
xushengda0710