Seguidores

Translate

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Soneto Da Desconstrução


Texto de José María Souza Costa.



Margear o riso com o silêncio da surpresa,
É  fingir que está tudo bem, ainda que ferida.
É quase desistir da luta, e entregar a presa
Por que fingir, é garatujar,  os elos da vida.

Recolher-se ao silêncio de uma alma descabida
É suportar calada, piadas prontas da incompreensão.
Ser condenada, por querer ser livre, e, resolvida
É espiar lacrimejante, o expor da vida em confusão.

Pra ela, sonhar com a felicidade, é sonhar demais.
É como se o céu partisse em dois, feito desgraça,
É como se a felicidade fosse uma eterna ameaça.

Ai, desgraçada dor, que alimenta os invejosos.
Afasta-se de mim, com o teu delírio de vaidade
Por que creio em Deus, e buscarei a felicidade.

******************************************************
"... quero dedicar este Soneto, para a minha amiga:"
Nãna.



48 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Olá boa tarde José Maria Costa. a catiaho me indicou seu blog... muito bem escrito cada verso.. mas preciso falar algo a respeito da métrica.. como tb escrevo sonetos e cuido muito isto em mim mesmo.. conferi cada linha e neste que li algumas estão corretas mas a maioria não bate a sexta silaba e a décima segunda... pois como ele é extenso teria tudo para ser com 12 silabas poéticas.. bem no mais tens um belo matrial.. apenas cuide com a métrica.... tenha um lindo dia

Julio Diniz disse...

Parabéns, pelo poema, amei,estava com saudade.

ReltiH disse...

MARAVILLOSO TEMA. CON UN CIERRE MUY SIGNIFICATIVO.
UN ABRAZO

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá José Maria,lindo poema.

Abraços
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

Wanderley Elian Lima disse...

Olá José Maria
Desistir da felicidade nunca, seria o mesmo que desistir da vida.
abraço

Adenildo Bezerra disse...

Apesar dos percalços, atropelos e perigos, sempre devemos buscar a felicidade. A busca constante é que nos faz caminhar sem cessar e sem pusilanimidade.

Helena Sacadura Cabral disse...

Zé Maria
Deliciosos post's estes teus últimos. É bom fazer-te uma visita!

Marcos disse...

Sentido poema, bravo.

Dorli disse...

Oi amigo,
Sua poesia é linda e eu fiz uma poesia boba para brincar um pouco, quando vi as pessoas chegarem não contive o riso.
Eu sou muito brincalhona, foi a pior poesia que escrevi. Desculpa...A vida é tão curta, vamos brincar de vez em quando.
Beijos
Lua Singular

Lu Cidreira disse...

É só vir aqui e mergulhar em uma leitura de encher os olhos.
Parabéns amigo.
Abraço

Antonio Machado disse...

Já não encontramos facilmente poetas capazes de fazer sonetos tão bem escritos como este!
Um abraço

Luis Magno disse...

Para felicidade dos seus leitores, o Zé Maria os surpreende com mais uma de suas belas elaborações, uma raridade um sonetismo magnífico como este. Parabéns!

Ali S disse...

La recherche du bonheur est la recherche de nous-mêmes.Le bonheur est différent pour chacun de nous.Chacun de nous cherche à être heureux mais le destin n’a pas répondu...

Si je dois comprendre,l’amour n’a pas de place capitale dans votre sentiment de bonheur !
Il est plus facile d'être malheureux(se) du malheur d'autrui qu'heureux de son bonheur.La psychologie positive nous apprend que "la chance durable" se cultive.Mais comment ?

Le plus court chemin du plaisir au bonheur passe par la tendresse.On pense à tort que faire le deuil revient à oublier une histoire d'amour.

Bien souvent rester prisonnier(e) de son passé c'est rester figer sur certains événements de son vécu.

Je te souhait beaucoup de courage.

Ambra disse...

Ciao. Passo a lasciarti un saluto e un abbraccio.

Maria Luisa Adães disse...

Belo soneto!

Original
de uma verdade incontestada
e encontrada a todo o momento.

E nunca tive esse chapéu que esconde, alguma coisa
como meu seguidor...

Maria Luísa

Pakiba disse...

Bonito poema que seguro es para una buena amiga que se lo merece.

Un fuerte abrazo José Maria.

LUZ disse...

Oi, querido Zé!

Por onde ando eu? Por Lisboa, só pode.
É difícil me encontrar, porque o oceano nos separa, e então nossos países ficam bem longe um do outro.

Gostei que me procurasse, poeticamente, falando, óbvio.

Seu poema é bastante crítico e está bastante bem feito.

Inveja, se afaste de mim!
Dor e vaidade, nem por perto!

FELICIDAE, TENHO A CERTEZA QUE IREI TE ENCONTRAR.

Abraço da Luz, com carinho.

Rosangela Lima disse...


Lindo texto meu querido amigo.

Martha Bernal disse...

Estimado Jose María gracias por pasar por mi blog, pero ya no escribo en el, tal vez después lo haga. escribo a veces en este http;//mejor reirallorar.blogspot.com
encantada seguiré el tuyo. Saludos

M. Eva-Marie disse...

Just found your blog and loving it. Maybe we can follow each other on GFC or bloglovin? Please feel free to stop by my blog and let me know. XO

http://mevamarie.blogspot.com/

Rita disse...

Olá boa tarde !!!
Querido um soneto de arrasar como
sempre deixando tudo aqui mais colorido, eu sou sua fã !!

Abraços de bom final de semana
Bjuss
Rita!!!!!
(¯`v´¯)
`·. ¸.·´
☻/
/▌

Jessiiiih =) disse...

Amei o seu texto
tenha um otimoo final de semana =)

mali disse...

Olá, eu não sou entendida em sonetos nem poesia,mas achei lindo este texto! Fantástico!!

Abraços.)

may lu disse...

Foi quando deixei de sonhar com a felicidade, que ela foi se achegando de mansinho... Hoje vez ou outra ela se afasta por uns tempos, porém já não tenho mais aquela ansiedade em esperar por ela. Enquanto aguardo seu retorno fico com a doce e eterna melancolia entardecida.
Obrigado pela sua visita em meu cantinho! Que lindo blog você tem aqui, gostei muito de sua sensibilidade com as palavras...
Um beijo!

Felisberto Junior disse...

Olá!
Boa noite
José
Por vezes nós temos de fingir,viver constantemente de olhos fechados. Simplesmente paramos, deixando-se ficar diante do obstáculos impostos por terceiros. Mas,estou aprendendo que a felicidade não se deve guardar e sim,buscá la e ainda demostrar para todos aqueles que estão ao nosso redor com sentimentos negativos.
Obrigado pelo seu carinho
Bom domingo
Abração

Evanir disse...

Com saudade venho desejar um Domingo na paz de Jesus.
Um encontro de carinho para desejar um lindo Dia,
Beijos no coração carinhosamente ,Evanir.

Vivi disse...

Venho retribuir a visita, espero que tenhas gostado do meu cantinho, voltes e fiques por lá.
Já sigo este cantinho faz bastante tempo.
A vida sem poesia e sem magia não é bem vivida
Bjs
Vivi
http//esquecimedeviver.blogspot.pt

PMPilar disse...

Un soneto pleno. Perfecto.
(He conseguido entenderlo, creo, y me quedo con estos versos impecables:
"Es como si el cielo se hubiera rasgado en dos. Como si la felicidad fuera una amenaza constante.
¡Ay, dolor horrible que alimenta la envidia.
Apartaos de mí, con su vanidad delirante..."

Un abrazo, José María

Rabisco disse...

Olá!
Esta é a página do Facebook do meu novo livro de poesia "Em Teus Olhos Seria Vida".
Gostava de poder contar com o teu "gosto" na minha página.
Obrigado!

www.facebook.com/EmTeusOlhosSeriaVida

ou em:

poesiafaclube.com/store/josé-manuel-pereira-"em-teus-olhos-seria-vida"

=)

Laine artes disse...

Olá José muito obrigada pela visita e por me seguir, vim retribuir, gostei muio do seu espaço!!! Belos poemas!!!! Já fiquei seguindo!! Boa noite e boa semana.

Nadia Nathania disse...

Hey there!
Thanks for sharing your great ideas to me :)
I'm following you back on GFC :)

www.glarocklady.com

Eric Arpeggi disse...

Opa!
Obrigado José Maria Costa! Ficamos muito felizes com tua visita e por estar nos seguindo! Gostei muito dos teus textos - nossa, muito bom mesmo! E com certeza seguirei-te!

Grande abraço! E continue com esse sucesso!

Poetisa Carol Carolina disse...

Oi Poetisa!
Seu cantinho está muito lindo amei o soneto...mas não deu para seguí-la e não sei qual a razão...depois vou voltar para ver se consigo.
Obrigada pela visita e pelo carinho..meu cantinho também não discrimina ninguém...poesia não tem raça...credo ou opção qualquer...todos são bem vindos...
Bjinhos e pode voltar sempre que quiser.

Luis Magno disse...

O sonetismo do"ZÉ"está cada vez melhor. Parabéns, parceiro!

Rita disse...

Boa tarde de terça feira!!

Que a beleza que você tem seja sempre
elogiada, pelo bons amigos e amigas que
passam e deixam uma mensagem carinhosa
Parabéns ser uma pessoa especial a todos e tenha
sempre o carinho de minha amizade
E que o dia dos namorados seja lindo a você
Abraços
Rita!!!!
¸.•°❤❤⊱彡

Evanir disse...

Que esse Dia Dos Namorados
Seja o mais Feliz da Sua Vida.
Tomara , que esse Dia tenha resevado
momentos de eterna felicidade.
Não importa o Pais onde você esta ou mora
essa Data deve ser comemorada com amor e muita Paz.
Na postagem tem um presente é seu pode levar
ficarei feliz em ver no seu blog.
Um beijo terno e carinhoso.
Um abraço pelo Dia consagrado ao amor
e felicidade.
Carinhosamente ,, Evanir..

CHRISTIAN BRITO disse...

Olá, Gostei de seu blog e estou seguindo.

Obrigado pela visita.

http://pensadorlivre-bill.blogspot.com/

Arione Torres disse...

Oi amigo, ótimo poema, adorei, parabéns!
Tenha uma ótima semana, abraços!

Nádia Santos disse...

Um belíssimo soneto, parabéns! A liberdade é uma preciosidade, bjus.

=> Gritos da alma
=> Meus contos
=> Só quadras



Gracita disse...

Olá José Maria
Inda quão longe a felicidade esteja temos que ir até o final do arco íris só para encontrá-la. Perseverar sempre! Desistir jamais!
Teu blog é muito interessante. Você foi muito modesto em sua descrição e isto não condiz com a beleza dos poemas que você escreve com maestria. Parabéns!
Fiquei honrada em tê-lo na minha galeria de amigos. Volte quando quiser. Será um prazer ter a sua companhia.
Um abraço
Gracita

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Meu novo e querido amigo poeta José Maria.

Que pérola de poema e homenagem a quem deve realmente sofrer com a discriminação do mundo.
Entendi seu poetar,querido.

Sigo aqui com o prazer de saber que vou deliciar-me com o que escreve tão magistralmente!

Seu blog estará na minha lista de blogs favoritos para que eu não perca uma só de suas obras!

È um poeta perfeito!

Beijos,obrigada pela visita e volte sempre.

Lindo dia dos namorados!


Donetzka

Crista disse...

Heheheeeeeeeeeeeeee...
Pensastes que eu não iria aparecer mais,não é?????
Puro engano teu...
Jamais deixaria de vir aqui,ainda mais nesse dia tão especial...MEU DIA...
Pára,né???
Então tu não sabes que eu sou a NAMORADINHA DO BRASIL e agora também a NAMORADINHA DO MUNDO(dazoropas,dazaméricas,dozóinhos puxados,etc e tal)???
Viu como tu és importante?
Com todo mundo aos meus pés,venho aqui só pra te ver e dizer que voltei para ficar!
Feliz,né???
Eu sei...porque também estou e esperançosa de poder continuar no teu coração.
Já me vou porque estou indo,mas não te desesperes...
Logo,logo me volto pra tu...
Beijão estupidamente demorado,desses para matar a saudade de vez!!!!

CristaCristalCristalina - a famosa 3C ...ksksksksksks -

PS:Não fiques triste,mas vou postar esse meu bilhetinho para cada um da minha legião de fãs,senão não dou conta de te paparicar mais tarde...sei que vais TENTAR me compreender...OBRIGADA!!!!

iara vilella disse...

José Maria, e´uma honra tê-lo no meu blog. Vou seguir o seu também que gostei muito.
Abraço.
iara.

Rosangela Lima disse...

Ah, q maravilhoso este poema, q os anjinhos de Deus estejam sempre ao teu lado.

acheiebloguei.com disse...

Oiiie, como vai você? Vim retribuir sua visitinha no Achei e aproveitar para conhecer o seu cantinho aqui!!! Sabe, nessa blogosfera a gente se depara com muitos blogueiros, cheios de textos, inspirações, idéias e postagens variadas. Mas, tem aqueles que acertam a mão, sabe, rs. É bem assim que percebo o seu blog: um cantinho onde encontra-se variedades de textos e acertos preciosos. Amei tudo o que encontrei por aqui. Voltarei é claro. Bjkas

Michell Foitte disse...

Fico grato José Maria por suas palavras, aqui, e em seu Blog; Ao visitá-lo parei entre os textos " Sepulcro e Soneto da Desconstrução" e aprecei os seus sons e a força de cada verso...
Meus abraços, nossos braços... Michell Foitte.

Linguagem em Prática Social disse...

Lindo poema!!! "Blog simples?" Entendo... como um bom poeta, nem todas as palavras têm o significado exato de seu sentido comum, não é? Não esqueçamos do poder polissêmico das palavras... Entendo o que quis dizer com "tenho um blog simples". Pois bem, parabéns pelo blog, pelos poemas que, por sinal, são fantásticos, já estou seguindo-o,ok.

redonda disse...

Segui o convite e vou tentar regressar amanhã para ler mais e ficar a conhecer também melhor o seu blog.
Um bom Domingo!
Gábi