Seguidores

Translate

terça-feira, 18 de junho de 2013

O que é Música ? ( la música )

Texto de: José María Souza Costa.



O que é música, e para quê serve ?
O que é música, além da combinação de sons, harmonia e melodia ?
Música, deveria fazer parte da Grade Curricular Escolar ? Imaginando que sim, estaria a Escola, ferindo o Direito de escolha do indivíduo ?
Não estou escrevendo, que cada estudante de um Escola Secundária, fosse obrigado a estudar : Arranjos, Regências, Tempos, Compassos.
Mas  que, pelo menos fossem despertados para  Teoria Musical. Que pelo menos, soubessem a diferença, de uma clave de SOL, para uma clave de FÁ. Que a Escola, lhes desse a opção de mostrar, a existência de um outro mundo musical, que não limita-se, à música comercial. O Brasil, tem produzidos inúmeros instrumentistas, desde de: Antônio Carlos Gomes, Maestro, autor de " O Guarani", Ópera  de estilo Romântica, e o Primeiro Compositor Brasileiro, a ter, suas obras apresentadas no Teatro Alla Scala, na Cidade de Milão, na Itália.
Temos o, Heitor Villa-Lobos, considerado, o principal responsável, pela descoberta de uma linguagem musical peculiarmente brasileira. Alguns especialistas, em música, chegam a escrever que o Maestro Villa-Lobos, é o maior, expoente do modernismo musical do Brasil. E, é autor de " Bachianas Brasileiras ". Por ter escritos peças musicais para:  Orquestras, Piano, Música de Câmara, Violão, Música Vocal, Música Coral, Música Dramática. Heitor Villa- Lobos, pelo seu Modernismo Musical, recebeu severas críticas, ainda assim, obteve o reconhecimento Nacional e Internacional. Heitor Villa-Lobos, é fundador, e, o Primeiro Presidente da Academia Brasileira de Música. " Trenzinho do Caipira", muito famoso na voz de Maria Bethânia, é um dos seus maiores sucessos, em termos de MPB ( Música Popular Brasileira).
Temos a, Chiquinha Gonzaga, que é considerada, a nossa Primeira " chorona" ( choro), e, é a autora da primeira marcha carnavalesca ( Ô Abre Alas " - Ó abre alas / Que eu quero passar / Eu sou da lira / Não posso negar "  de 1899, - qual o brasileiro, que nunca a ouviu ? ). Assim  como,  foi a Primeira Mulher a " Reger", uma Orquestra.  A necessidade de adaptar, o som do Piano, ao gosto popular, lhe valeu a glória de tornar-se, a Primeira Compositora de Música Popular Brasileira. Temos o Ernesto Nazaré, compositor de: Choros, Polcas, Sambas, Tangos, Marchas. Um dos seus maiores sucessos, ´o choro abrasileirado, conhecido por " Odeon". A obra, do Ernesto Nazaré, situa-se  à margem, do Erudito e o Popular.
Enfim, temos uma legião de Brasileiros e Brasileiras, que fizeram este País, musicalmente, avançar.
Aqui, no inicio do século, aparece o Jacob do Bandolim, bandolinista de choro, autor, de " Noites Cariocas, Doce de Côco, Assanhado" dentre outros. Quem mais interpretou suas músicas, foi a Elizeth Cardoso, apelidada de, A Divina, e na opinião deste blogueiro, a melhor cantora do Brasil, em todos os tempos.
Surge o nosso, Alfredo da Rocha Viana Filho, sabem quem é ? Isso mesmo, o nosso Pixinguinha. ( flautista, saxofonista ), autor de: Sambas, Maxixes, Valsas e Choros. Quem não conhece " Carinhoso" ( Ah, se tu soubesses como eu sou tão carinhoso / E muito, e muito que eu te quero,... ), " Rosa ", recentemente gravada pela Marisa Monte ( Tu és / Divina e Graciosa / Estátua Majestosa, do Amor...) " Um a Zero', " Número Um", enfim, a contribuição do Pixinguinha, na Música Popular Brasileira, é incomensurável. Em homenagem ao Pixinguinha, no dia 23 de Abril, é comemorado o Dia Nacional do Choro, data do seu nascimento em 1897.
Bem mais recente, contribuindo com a MPB, nasce o nosso, Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim ( Tom Jobim).  Maestro, Compositor, Pianista, Violonista, Arranjador. Das 10 músicas, mais tocadas no mundo hoje, uma é de sua autoria e chama-se " Garota de Ipanema". ( Olha, que coisa mais linda / Mais cheia de graça / É ela menina, que vem e que passa / Num doce balanço  /  A caminho do Mar ) Temos o Baden Powell de Aquino, violonista espetacular. ( autor de: Jazz, Bossas e Sambas- Afros). Tornou-se famoso no Brasil, quando fez-se, em parceria com o Vinícius de Moraes. Temos, o Paulo Artur Mendes Pupo Nogueira ( Paulinho Nogueira). Quem não conhece ( Menina, que um dia conheci criança /  Te carreguei no colo, menina / Cantei pra te dormir...).  Temos o, Newton Mendonça ( pianista, compositor, violonista, gaitista ) é o autor de, " Caminhos Cruzados, gravado por Gal Costa e, muito recentemente por Maria Rita, filha da saudosa Elis Regina, a segunda melhor cantora do Brasil, para este blogueiro.
A Bahia, nos deu  Dorival Caymmi. ( Violeiro ). Como nenhum outro, cantou, o Mar, descreveu os, Pescadores ( Minha jangada / Vai sair, pro mar ) . Quem não conhece ( Marina / Morena, Marina, você se pintou ) ou ( Eu vou pra Maracangalha, eu vou / Eu vou de chapéu de palha, eu vou / Se você não quiser ir / Eu vou só, eu vou só, eu vou só.)
Temos o Chico Buarque de Hollanda, músico, e escritor brasileiro. Este tem um acevo de qualidade primorosa. Dispensa apresentação.
O Estado do Maranhão,  também contribuiu com a Música Popular Brasileira. Nos deu, Catulo da Paixão Cearense.( Poeta, Músico e Compositor ). É  o autor de " Luar do Sertão" ( Não há / Ó gente, ó não / Luar, como esse do sertão..) Segundo, Pedro Lessa, ( Professor, Jurista, Escritor, e Membro da Academia Brasileira de Letras ), é o Hino Nacional do Sertanejo Brasileiro. Catulo, é responsável pela reabilitação do violão, nos salões da alta sociedade carioca, e pela reforma da modinha. O Maranhão, nos presenteou com o, João do Vale, autor de Carcará, que revelou para o mundo, uma desconhecida, Maria Bethânia, que fora ao Rio de Janeiro, substituir, uma cantora de nome, Nara Leão, em um show chamado de "Opinião". Com a música, Carcará, ( Carcará, lá no sertão / É um bicho que avoa, que nem avião / É um pássaro malvado / Tem o bico "vorteado", que nem gavião / ..., Carcará / Pega / Mata / E come ). O nosso João do Vale, coloca o Maranhão, no Mapa do Brasil, com essa música.
João do Vale, é o autor de " Pisa na Fulô ( Pisa na fulô / Pisa na fulô / Pisa na fulô / Não maltrata o meu amor. )
Leitores amigos, fiz toda essa narrativa acima, para mostrar, que existem músicas brasileiras, e autores brasileiros, com qualidade. Sim,  deve, e pode  existir as músicas comerciais, até por que, existem pessoas que as consomem, por gostarem. Não escreverei, aqui, que são de gosto duvidoso. Mas, afirmo que são de qualidade duvidosa.
Os estudantes, precisam saber que existe um outro mundo musical, além, dos remelexos, dos esquartejos e outras bizarrices, que em nada contribui para a cultura popular. Não podemos dizer, que o sentimento musical, inicia-se, com um  balançar de cabeça, para cima e para baixo, jogadas de cabelos, para os lados, e termine em reboleixos de bundas.
Educar, musicalmente um povo ou uma Nação, é um dever do Estado. A música, é a ciência dos sentidos e sentimentos. É a nobreza, para a Alma. É o contentamento do sorriso. É, a celebridade do escolher. É o navegar em sonhos, tantas vezes desejados. É musicar, a esperança em um tempo, que não finda jamais.
Mas, então, o que é a música, e, para quê serve ?


32 comentários:

Júlio Diniz disse...

José Maria Costa, Arariense que nos dar orgulho de ler suas postagem em seu Blog, a música nobreza, deveria sim, esta inserida na grade curricular de nossos alunos para tentarem entender e apender músicas de qualidade... parabéns por este maginifico texto.

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia
José...
Li atentamente...sim...penso que a Música, deveria fazer parte da Grade Curricular Escolar pelo menos que lhes desse a opção de mostrar, a existência de um outro mundo musical, que não limita-se, à música comercial, pois,vivemos em uma época em que não é preciso talento algum para se fazer música, onde jovens desafinados sem um mínimo de vocação para a música, expressa exatamente o modo como vê a coisas., tudo é rápido e fácil, passamos a ouvir uma "enxurrada" de
músicas com prazo de validade ou com a "sacada" de canções simples que animam multidões, ( apesar que esse processo não é tão passivo, o povo é quem elege o que vai consumir e a indústria, por sua vez, tenta tirar proveito desse mercado...e gosto musical é algo que vai além da ideia de qualidade. Definir qualquer música como boa ou ruim é algo discutível, envolve mais questões ideológicas do que técnicas.)
Penso que música é aquela que cumpre as funções sociais que justificam sua existência, e por isso, Educar, musicalmente um povo ou uma Nação, é um dever do Estado.
Obrigado pelo carinho da visita
Boa terça feira
Abraços

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá José Maria,seu texto está maravilhoso,principalmente quando se fala em música.No meu tempo dos bancos escolares,nós tinhamos aulas de música e eu achava lindo saber todas as notas musicais.Agora o que encontramos são músicas sem conteúdo,salvando-se algumas interpretadas por grandes cantores.

Abraços amigo
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa tarde amigo querido !
A música é uma manifestação artística e cultural de um povo, em determinada época ou região. A música é um veículo usado para expressar os sentimentos...E concordo sim que as escolas deveriam colocar no currículo
para complementar...
bjsssssssssssss

Pakiba disse...

Me encanta la música, así que te envio un fuerte abrazo lleno de notas musicales.

Maria Adeladia disse...

Amigo: a música é uma obra de arte linda e próspera!
Ela antes de tudo, alegra nosso coração...deixa-nos relaxados e produz até produtividade nas nossas atividades! Quando a nossa mente está bem alimentada, fica mais esperta e com o potencial lá em cima...rsss!

Ela anima todo o ambiente!
Beijos.

Adenildo Bezerra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adenildo Bezerra disse...

Fiz uma leitura com olhos, ouvidos e cérebro atentos sobre o seu texto (la música). Aprendi ainda mais sobre tão notável Arte. Música é despertar, é ninar, é refletir, é viajar, é descobrir. Música é Arte. Nossa riqueza musical é singular. Seja erudita ou popular, a música brasileira é sempre inconfundível. Não sabia que a música ("Não há ó gente ó, luar como esse do sertão")foi composta por um maranhense. Por isso que é salutar ler o seus textos, Zé. Encontra-se neles informações ímpares, a meu ver. Como leitor assíduo que sou, agradeço-lhe por esse primoroso texto. Saúde e Paz!

Wanderley Elian Lima disse...

Oi José Maria
Música para mim é tudo, não saberia viver sem. Parabéns pelo post, completo.
Abraço

Cristina disse...

Un artículo muy completo y super interesante,¿quién podría subsistir sin la melodía de cualquier ritmo musical?
Un placer pasar por tu espacio, te dejo un fuerte abrazo, buena jornada!

Ana Brito disse...

A música faz parte da vida de todo mundo, cada um com seu estilo. Uma BEM melhores que outras rs
e claro as escolas deveriam incluir a musica na grade escolar

seguindo

http://divaspoderosas.blogspot.com.br

Cielo disse...

Muchas gracias por tu visita y tu mensaje.
Ya veo que te gusta escribir, adoro la música, y amo el blues y el jazz.
Un abrazo muy fuerte de una Madrileña, que desde ahora será un fiel seguidora ; )

Lucimar da Silva Moreira disse...

Bom dia José Maria, a música é um eco em nossas vidas, o que fosse da gente sem a música, José te seguindo também obrigada pela visita, beijos.
Lucimar Estrela da Manhã

Divulgue seu Blog no Facebook

Fan Page

Faço Afiliação com Blogs


Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Hola José María, sólo paso a decirte, que si me extrañas, es que me he tomado unas largas vacaciones.
Con ternura
Sor.Cecilia

Priscila Jaeger disse...

Pra mim a musica, é o oxigênio, acordo ouvindo, durmo ouvindo, estudo musica desde os 4 anos, e toco violino!
Ainda quero ver uma aula decente de música nas escolas...
Amo música!
bjoos
http://prypensando.blogspot.com/

Ludymila disse...

hola cielo el texto es precioso, me encanta. besos

Rita disse...

Olá meu querido, o texto é maravilhoso, e digo que a musica pra mim é um combustível fascinante
Amanheço ouvindo musica, e muitas vezes deixo o rádio ligado baixinho e durmo é tão bom dormir assim, parece que a vida balança e a gente fica em paz
Abraços com carinho
Rita!!!!

Felicitas disse...

La música nos conmueve, nos motiva, nos alegra el corazón, o nos transporta a otro tiempo y lugar, nos sumerje en la melancolía y nos eleva hacia Dios. La música es parte del alma del hombre.
Gracias por tu visita en mi blog.
Un saludo cordial.

Ingrid Mimos disse...

Retribuindo a visita, e seguindo de volta.
bjs e tenha uma linda semana

Lu Cidreira disse...

Olá amigo José, fico sem palavras diante de uma narrativa que nos dar orgulho de ser teu seguidor e amigo, mesmo que virtual.
Falou de quase todos os bons brasileiros no seu relato, esquecendo dos baianos mesmo por ser de gosto por muitos e desgosto por poucos, Gilberto Gil moreira e Caetano Viana Veloso.
Tem algumas postagens lá no Lu Cidreira que fala das biografias de muitos dos nossos bons brasileiros na música, como descreve aqui o magnífico Vilas Lobos, que pelo que se sabe era um autodidata, e os estudantes, mestres, professores e diretores de escolas deveriam se empenhar-se mais colocado de forma contundente essa matéria no currículo escolar.
Parabenizo mais uma vez.
Abraço

ReltiH disse...

LA MÚSICA ES MUY INSPIRADORA. EXCELENTE POST.
UN ABRAZO

Livinha disse...

Olá José,


Grande post esse seu, onde
aposta a música como uma
grande necessidade na educação, o que concordo plenamente com você...
Me levaste a um tempo de infância
onde nas escolas tínhamos aula de musica sob regência de coral nas apresentações, como bem também aprendemos a tocar instrumentos musicais, tudo na mais perfeita harmonia com as inúmeras canções que aprendi um dia.
Os tempos de agora, tudo tão diferente e mal se aplica educação física nas escolas, tudo aos ventos, de um jeito qualquer...
O seu texto nos enleva a cultura, a saber das coisas esquecidas e jamais expandidas quando tanto deveria ser...

Maravilhoso texto meu amigo e muito bem abordado. Parabéns!

Abraços

Livinha

Portal de Blogs Teia disse...

Olá José.
Postagem divulgada meu amigo!
Seja sempre bem vindo ao Portal Teia
Até mais

Lulu Mari disse...

Ok
Obrigada
Estou seguindo o seu blog
Se vc indicar o meu blog, me avisa que eu índico o seu blog, ok?

http://linslogen.blogspot.com.br/

Todoslosnombres disse...

Lo dijo Cervantes: "La música, que compone las almas descompuestas"... y mucho más.
José María, soy española, apasionada por todo lo lusófono y me gusta tu blog. Acabo de descubrirlo/te y te seguiré.

AMALIA disse...

Gracias por tu visita y tu presencia.

Me quedo para seguirte. Un placer estar aquí.

Un abrazo.

Marcela Gmd disse...

Muy interesante tu post!! encantada de conocer tu blog y seguirte!
Besos, desde España, Marcela♥

Alexandra disse...

Para mim, música é isto: http://www.youtube.com/watch?v=OC1QnMly9hM


Com ela vivemos, com aprendemos, com crescemos e sentimos aquilo que somos no seu estado mais puro... selvagem!


um beijinho de Portugal!

© Piedade Araújo Sol disse...

o mundo sem música não teria graça nenhuma...

:)

Angélica Pinheiro Pereira disse...

Boa noite!

Gostei muito do seu blog, estou retribuindo a visita e follow também, e curtindo muito suas publicações, parabéns pelo blog!

Beijos
http://angelandherbooks.blogspot.com.br/

NeusaMarilda_Lavienrose disse...

A Música é o eco de nossa alma.Gostei de conhecer seu blog.Abraços.

Judy disse...

Olá José,
lendo seu texto aprendi, refleti, cantarolei...

Concordo que escola deveria sim mostrar que existe música de qualidade e que temos história musical.
Oferecer iniciação musical seria abrir o caminho para um universo de sensibilidade e beleza.
Música, para mim, é fonte de alegria, paz e vitalidade.

Obrigada pelo admirável texto e por sua visita.
Até,