Seguidores

Translate

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Imperatriz do Mearim

Poema de: José María Souza Costa.



E do outro lado de um rio, nasceu uma cidade
Entre igarapés, ingás, piados d' Ararinhas enfim.
Que seduzem poetas, em cantata de  felicidade
Inspirados, no desaguarío do Imperador Mearim.

Do outro lado de um rio, contemplava-se aningais
Expostos em portos, que deslizaram com a idade
De um tempo, em que no aroma dos manguezais,
O Cafezal, azeite d'côco em cores, deixa saudade.

Mururus, tapagens, cais mal acabado, tud'assim
Nos leva a recordar um pedaço da vida, por aqui.
Piabas, pacus, aracus, bodós, vivem no Mearim

Imperador das águas, Imperatriz sem cais, é Arari.
Mas, tem Trizidela, Lago da Morte, Nema, e bares.
Tamatá no leite de côco, e, sabores há degustares.


************   en espãnol

Y en el otro lado de un río, naceo una ciudad
Entre igarapés, hondas, piados de guacamayos enfin.
Poetas seductores, en cantata de la felicidad
Inspitados, en el desaguarío del Emperador Mearim.

Del otro lado de un río, la vista hacia aningais
Expuestos en puertos, que deslizó con la edad
De un tiempo, en el que el aroma de los manglares
El Cafetal, aceite del coco en color, deja nostalgia.

Mururus, presas d'tierra, muelle mal terminado, acá.
Llevanos recordar un pedazo de la vida, por acá
Piabas, pacus, aracus, bodós, viven en Mearim.

Emperador de las águas, Emperatriz sin muelle es, Arari.
Pero, tenga Trizidela, lago dela Muerte, Nema y bares,
Tamata en leche de codo, y, sabores allí degustares.




***********  in italy

E dall'altro lato di un fiume, una città nata
Tra ruscelli, imbracature, piados di are comunque.
Poeti Sedurre in cantata felicità
Ispirato a desaguarío Imperatore Mearim.

Dall'altra parte del fiume, guardava in su aningais
Porte esposte, che scivolarono con l'età
Un tempo in cui l'aroma di mangrovie
La piantagione, di cocco olio di colore, lascia nostalgia ..

Mururus, terra dighe, moli mal rifiniti, tutti ben
Ci porta a ricordare un pezzo di vita qui.
Piabas, pacu, aracus, Bodos, vivono in Mearim

Imperatore della waters, l'imperatrice senza molo è, Arari.
Ma, Trizidela, Lago di Morte,  Nema e bar
Tamata nel latte di cocco, e sapori ci degustares.



34 comentários:

Jailson Mendes disse...

Olá amigo Zé Maria,

Vim ti desejar, desde já, um ótimo final de semana e boas festas pelo Festejo Junino.

Forte abraço...

Luis Magno disse...

Um dos poemas q mais gostei até agora, Zé Maria. Parabéns!

António Eduardo Lico disse...

Bela poesia.
Bom fim de semana.

Samuel Balbinot disse...

bom dia saudoso poeta.. expressas muito bem nas tuas palavras o amor de ser deste lugar que te envolves.. maravilhosas tuas poesias.. grande abraço..

Dorli disse...

Oi poeta,

Maravilhosas suas poesias, é um encanto de se ler
Parabéns
Lua Singular

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

José Maria,linda poesia!

Em seus versos,você mostra o grande sentimento de amor que tem pelo lugar em que nasceu.

Obrigada da visita

bjs
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

Evanir disse...

Desejo o final de semana de muita paz
para toda sua família ,
e que Deus proteja aqueles que estão lutando
por um Brasil melhor onde possamos ter
nossos direitos adquiridos verdadeiramente.
E um toque de Deus no coração daqueles que
desgovernam nossa Nação.
Que a luta seja feita em
paz ,para Paz, pela Paz.
Com muita fé vamos também orar
por essa Nação , que a muitos anos
vem sendo reprimida e oprimida :
A muito deixou de ser uma sociedade
digna e justa.
Uma luta sem guerra sem sangue mostrar ,
que apesar da pessíma educação
e exemplo dada pelos governantes:Mostrar que temos a educação
recebida dos nossos pais.
Nossos jovens são filhos da nossa incansável
esperança por um Brasil sem fome
de todas as necessidades.
Tenho estado um pouco ausente nesses últimos tempos
fico triste quando a vida por trás da telinha
me obriga a ficar longe de você.
Carinhosamente te desejo um abençoado
e feliz final de semana beijos no coração.
Evanir.
Tem Uma Mensagem Acorda Brasil.
Juntos Vamos Acordar O Brasil..
Somos Todos Irmãos....

LAO Paunero disse...

todo belleza...¡pura belleza!! Saludos amigo poeta, José María....

Poetisa Carol Carolina disse...

Poeta Jose Maria
Mil desculpas por ter tratado o poeta como sendo uma poetisa...me perdoe...creio que memorizei o seu nome ao contrário...
Desculpas por favor
Bjus

Poetisa Carol Carolina disse...

Poeta Jose Maria
Mil desculpas por ter tratado o poeta como sendo uma poetisa...me perdoe...creio que memorizei o seu nome ao contrário...
Desculpas por favor
Bjus

Poetisa Carol Carolina disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ivone disse...

Que lindo isso, amei ler, seu lindo rio, sua cidade aqui cantada em prosa e versos, amo a natureza, lugares assim me deixam imensamente feliz!
Tive imenso prazer em te ler meu amigo poeta!
Abraços!

Mile Dias disse...

Olá, muito obrigada pela visitinha, já estou te seguindo, lindo poema, mil beijos e fica com Deus, miledias.blogspot.com.br.

ReltiH disse...

EXCELENTE!!!!!
UN ABRAZO

Lulu Mari disse...

Ok
Obrigada
Estou seguindo o seu blog
Se vc indicar o meu blog, me avisa que eu índico o seu blog, ok?
http://linslogen.blogspot.com.br/

Severa Cabral(escritora) disse...

TRAZENDO MEU BEIJO DE BOA NOITE E LENDO MAIS UM DOS SEUS ESCRITOS...
BJSSSSSSSSSSSS

Lucimar da Silva Moreira disse...

Boa noite Jose Maria, que lugar lindo, poesia linda, palavras encantadoras, Jose te desejo um ótimo final de semana beijos no seu coração.
Lucimar Estrela da Manhã
Divulgue seu Blog no Facebook
Fan Page
Faço Afiliação com Blogs

Cristina disse...

Un post formidable! te dejo un fuerte abrazo y te deseo un hermoso fin de semana!

http://perfumederosas-cristina.blogspot.com/

Silvina Soave disse...

Hermoso blog el que tienes!!
Un abrazo grande desde Argentina.

Helena Sacadura Cabral disse...

Lindíssimo poema, Zé Maria!

silvioafonso disse...

.


Já que a montanha não
vai à Maomé, eis que
ele vem até você...

Um abração,

silvioafonso






.

Eduardo Vaz disse...

Agradeço a visita no meu blog e o facto de te teres feito seguidor do mesmo.
Tomei a liberdade de me fazer seguidor do teu espaço também ele bastante interessante, parabéns.

Convido a voltar e ver os meus últimos trabalhos, abraço e bom fim de semana.

http://grande-angular.blogspot.pt/

LUZ disse...

oi, estimado Zé!

Agradeço sua visita e votos de bom fim de semana, que retribuo, de coração.

Mearim é o nome do rio, certo? Arari, a sua cidade. Acertei?

Se for assim, você se deleitou falando de ambos, de uma forma muito apaixonada.

Não entendi o significado de alguns vocábulos, o que acho natural.

BFS.

Abraços da Luz, com carinho.

POESIA NA ALMA. disse...

Olá, querida!

Maravilhoso o teu blog. Obrigada por me seguir! http://lilianpoesiablogs.blogspot.com.br/

Continuemos, então nessa amizade literária! ;)

Daniel Costa disse...

Caro José Maria

Belo poema, creio que com sabor linguístico nordestino. Confesso-me apaixonado pela cultura do nordeste, pelo folclore do nordeste brasileiro. Sendo assim, amei o poema.
um abraço

✿ chica disse...

Muito lindo o poema em três línguas! abraços,tudo de bom,chica

Firenze B disse...

Tiene que ser una suerte poder contemplar ese maravilloso lago...
un abrazo

sandra diaz disse...

es genial! besos

Antonio Pereira Apon disse...

Olá, Zé.

Belo versar que nos faz viajar na imaginação, tecendo na mente as paisagens narradas.

Um abração e uma boa semana.

Rita Freitas disse...

Obrigado pela visita ao meu cantinho.
Gostei imenso de ler, uma descrição tão bela da cidade!

Bjs e boa semana

Adenildo Bezerra disse...

ARARI, nossa terrinha, nosso rincão, portal da Baixada Maranhense. Quem não conhece o que Arari tem, precisa conhecer. Tem literatura, tem natureza exuberante, tem história, lendas, culinária peculiar, povo simples, tem rio (o Mearim), tem igarapés aos montes, lagos, todos perenes, aos montes. Tem problemas sociais, econômicos, políticos, porque Arari fica no Brasil. As terríveis marcas históricas deixadas por anos e anos de exploração, também são evidentes no torrão arariense. José Maria Costa expressou nesse belo soneto o Arari hodierno. Mostra ao mundo o Arari que temos, amamos e buscamos, dia a dia, melhorá-la. Arari, orgulha-se de tão louvável homenagem, José Maria. Só quem é ARARIENSE sabe o que Arari, de fato, representa. Parabéns, notável conterrâneo e amigo!

Crista disse...

Zozézinho quelido...
CLARO que amei tua poesia...deu até vontade de ter nascido lá!!!
Será que aceitariam uma loirinha de cabelos cacheados e olhos azuis,como é azul a cor do céu????
Tem um porém:
Não moro sozinha lá,tens que morar comigo...ksksksksksksks...

Lindalva disse...

clap clap clap José...

O tempo urge, o domingo corre, só agora terminei de aprontar a página para o 8º Pena de Ouro, são muitos Poetas e Poetisas das ondas a convidar, assim peço desculpa pelo SPAM e não parar em tua página para apreciá-la e comentar como de direito, MAS QUERO TE VÊ NA ILHA NESTE EVENTO, POR ISSO AQUI ESTOU... E lá te espero. Beijos no coração!!!
Este é o link do Ostra
http://ostra-da-poesia.blogspot.com.br/
Todos que por aqui passarem sintam-se convidados!

Gabriela disse...

Bom dia, tudo bem?
Passei aqui para conhecer seu blog, está lindo e muito bem organizado. Gostaria de convidar vc a conhecer o meu também, estou seguindo o seu se puder me siga de volta, obrigada, bjs.
http://sonhosempontocruzeafins.blogspot.com.br/