Seguidores

Translate

sábado, 18 de maio de 2013

Soneto Em Amor Virtual.

Texto de:  José Maria Souza Costa.



O que é o amor virtual, senão uma aventura
Ao deslumbro amante de um não conhecido.
É narrar a vida amada amante a uma criatura
Desenhada,  na memória de um amor  falido.

O que é o amor virtual, senão uma aventura descompassada
No caminhar de uma imaginação desesperada.
É buscar uma composição, descompassada em uma estrada
Rabiscada em momentos, de páginas fracassada.

O que é o amor virtual, senão um conto de fadas fracassadas
Iludidas com palavras vãs, em noites quentes e fingidia
Desesperadas por léxicos diferentes em tempo de contemplação.

Mas, o amor virtual pode ir além das palavras descompassadas,
Invadir as almas fingidias, roubar das pessoas em seu dia a dia
Um processo de mutação inacabado e acabado com enrolação.
      

42 comentários:

PACO GACELA. disse...

Bonitos versos sobre los amores virtuales, la vida cambia y ojalá sea para mejor, un saludo y buen finde semana.

Doris Dolly disse...

José .." Soneto en....."

No todo es como lo dices, sabiendo respetar al otro y este a tu persona, el amor virtual tiene su atractivo... puede ser... una simple o íntima amistad o viajar soñando entre dos con ese amor virtual..para darle felicidad al corazón.
¡¡ interesante comentario !!

un beso

Ame disse...

Complicado, creo solo debe imperar el respeto

Besos José María

Ivone disse...

Belo soneto, amor virtual é o nosso imaginário,amamo-nos assim amamos todos!
Abraços!

Luis Magno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luis Magno disse...

Belo soneto, "amor virtual", parece-me significar um exemplo de reforma na temática das elaborações dos novos poetas, que agora, nestes novos tempos deve acrescentar muitas palavras que só recentemene vem fazendp parte de nosso repertório linguístico. Meus parabéns ao poeta sonetista escrivinhador José Maria Costa

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa tarde
José
Belo soneto...
meus "pitacos"
bem...penso que o PC pode ser um grande aliado na aproximação das pessoas. Encurta distancias e facilita os contatos, mas é uma faca de dois gumes. Nunca se sabe o caráter da pessoa e sua verdadeira intenção quando se está teclando. É um território onde o anonimato permite mentiras e enganos.
Há sentimentos, emoções, reações extremas dentro das pessoas que nunca são expostas, principalmente numa Virtual Social. A convivência e à observação atenta pode até decifrar o papel escolhido para um teclado... Não sei.
Agora, temos que ter cuidado para não se machucar ou machucar as pessoas, pois um dia, o que é falso e ilusório, cai por terra. Se nós deixamos enganar pelo retorno imediato do amor virtual, e, também, não abrimos mão de esperar que o virtual se fortalecesse após um contato real, temos que encarar o erro, e isso significa também que participamos disso, e ainda que qualquer história tenha dois ou mais lados, quando nos sentirmos traídos não podemos nos colocar somente na posição de vítima e sim, devemos continuar da experiência para frente...de preferência com mais cuidado e pés no chão, pois ,se até olho no olho, cometemos enganos, imagina, então, onde não há certos limites...
Obrigado pelo carinho da visita
Bom final de semana
Abraços

Rita disse...

Muito bonito esse soneto
Falar de amor virtual, todo cuidado é
pouco, mas eu já conheci um amor assim
e fui feliz por dois anos, depois acabou......Não era pra ser,,,,
Deixo um abraço de bom final de semana
Bjuss
Rita!!!

Rafael Belo disse...

Bueno caríssimo! Versos verídicos.

o Amor virtual é um upgrade do Amor platônico o useria down, porque você interage, mas segue nos planos falidos deste nosso futuro presente de se realcionar séri oe até casar antes par aconhecer depois.

Reflexo d'Alma disse...

Sabe Ze Maria,
o advento da internet
me deu visibilidade e pude
conhecer meus maiores amigos,
pude conhecer muitas paixões
e hoje vivo amizades reais, fora da internet; porém tudo começou no
virtual.
Conheço algumas pessoas que que hoje casadas e felizes
não escondem que foi do virtual
para o real que tudo hoje é como é.
Bjins

Ambra disse...

Ciao José Maria.
Ti porto il mio saluto e un abbraccio.
Buona domenica.

São disse...

Muito belo,mas um pouco desesperançado...

Bom fim de semana, amigo meu

Helena Sacadura Cabral disse...

Para alguns, o amor virtual é a fuga, a esperança, a saída possível.
Mas quando o real, o verdadeiro, o autêntico existe, o virtual pode, também, ser sonho ou escape ao quotidiano. E alivia-lo, suaviza-lo!

Severa Cabral(escritora) disse...

BOA NOITE AMIGO !
DESEJANDO UM DOMINGO FENOMENAL,VENHO LER ESSES LINDOS VERSOS QUE FAZ TEU POETAR ACONTECER...
BJSSSSSSSSSSSSS

Célia Rangel disse...

Amor virtual é alimento da ilusão...
[ ] Célia.

Jailson Mendes disse...

Olá José Maria

Passando pra ti desejar ótimo final e começo de semana meu grande amigo...

Forte abraço

poesias maria do carmo disse...

Anjo,boa noite,tudo bem? já sofri por um amor virtual,rsrsrs. Olha,passe no meu face e me add, maria silva do carmo. BJOS CARINHOSOS.

Carolina disse...

Querido amigo, ola! adoro seu reflexao, carinho virtual e bonito, a veces a pantalla transmite me calor de coracoes calidos, pero sempre com prudencia, claro.
Abraco de um feliz domingo.

Citu disse...

Uy hermoso , poema muy real . Te mando un beso y te me cuidas.

ReltiH disse...

COMO UN GRAN INTERROGANTE. EXCELENTE PLANTEAMIENTO.
UN ABRAZO

Tiziano disse...

ciao Josè, una veloce visita per augurarti una lieta e serena domenica

✿ chica disse...

Muito lindo sempre,Jose´! abraços, tudo de bom,ótima semana,chica

Ferruccio Gianola disse...

Maravilla!

LUZ disse...

Olá, estimado Zé!

Tudo bem?

Mas há AMOR (em maiúsculas) virtual?

Penso que por aqui, as pessoas não veem as caras umas das outras (eu sei que há Shype) e então toca a dizer o que lhe vai e NÃO vai na alma.

O final de seu poema já me deu a resposta.

Bom domingo e melhor semana.
Abraços da Luz, com amizade.

Sor.Cecilia Codina Masachs disse...

Mi querido José María,bien veo que has tomado la estructura de un soneto,para hacernos llegar tu desconcierto sobre las relaciones amistosas de Internet.Algunos problemas también los he tenido yo, pero tan, tan pocos en comparación de las alegrías y cariño que he recibido y sigo recibiendo que me siento muy afortunada.
El amor de verdad, siempre triunfa.
Gracias
Con ternura.
Sor.Cecilia

Zilani Célia disse...

OI JOSÉ MARIA!
NÃO ACREDITO TAMBÉM EM AMOR VIRTUAL, MAS AMIZADE VIRTUAL EXISTE E DÁ PARA SE CULTIVAR.
BONITO E INSTIGANTE TEXTO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Maria Rodrigues disse...

Lindo soneto. É dificil manter sempre acesa a fogueira do amor, seja ele real ou virtual.
Bom domingo
Beijinhos
Maria

Vera Lúcia disse...


Olá José Maria,

Amor virtual é calcado na ilusão e, portanto, sujeito a frustrações se por acaso se transformar em real. No face a face já é complicado conhecer bem uma pessoa, imagine então se relacionando com ela apenas por trás das telinhas.
Mas tudo é possível. Há casos positivos e outros que terminaram em tragédia ao saírem das telinhas.
Creio que é melhor que este tipo de amor exista apenas no imaginário.

Ótimo domingo.

Mina disse...

Realmente bonitos todos los textos de tu blog y estos versos, también son muy bellos.
Un beso :)

Adenildo Bezerra disse...

O amor virtual, se aflorar de forma verdadeira e sincera, ele torna-se real. Mas investir em um amor virtual é perigoso. Pode ser um tiro no escuro. Porém, há casos em que pode ser uma aventura viável. Em suma, vai depender das circunstâncias. Você, nobre José Maria, sempre com temas atuais. Isso é um diferencial no seu espaço cultural virtual. Abraços, estimado conterrâneo.

Celina Alves disse...

Gostei, José Maria, parabéns pelo texto e pelo blog. Grata pela sua visita, seja sempre bem vindo!
BjoBjo;)
Celina Alves
Luxos e Luxos

JOHNNY SÁNCHEZ disse...

Muy bonita reflexión Saludos

Fernando disse...

Complicado lo de los amores virtuales.
Tus versos muy bellos.

Saludos,


Joker

Lillo G. disse...

Belos versos José. Mas se tem algo que eu não entendo, é como ainda existem pessoas que se machucam em amores virtuais.

Estou de volta aos blogs!

"E lá está ele, Lillo Dogmez, o último dos primeiros, mesmo discordando de muitas coisas existentes, realizando sua prece, como era no princípio e como vai ser agora e sempre enquanto ele ainda estiver respirando e lutando contra o mal existente nesse mundo e abaixo dele. Ele então sozinho, faz sua prece, como um ponto luminoso na escuridão do universo..."
http://thebigdogtales.blogspot.com.br/2013/05/confissoes-de-um-licantropo-parte-01.html

VILMA PIVA disse...

Olá José Maria, amor virtual é possivel sim, mas há de se ter cuidado, para não sofrer desilusões e tristes dores.
Parabéns por tua bela poesia!!

Beijos, Vilma

Arione Torres disse...

Oi amigo, lindos versos, adorei!
Tenha uma ótima semana, abraços!

Lu Cidreira disse...

Olá amigo José, já estamos em plena forma de compartilhamento aqui no Blog.
Realmente é isso tudo que refere-se o amor virtual e a último paragrafo é dez.
Abraço

Passione Decoupage disse...

Olá obrigado pela visita no meu blog eu também sou um dos seus novos
novos seguidores em breve

SweetMakeupAndFashion disse...

nuova follower :)
spero ti unirai al mio blog ne sarei felice
http://sweetmakeupandfashion.blogspot.it/
https://www.facebook.com/Sweetmakeupandfashion

Maria Adeladia disse...

Bem reflexivo seu post.

Sobre as relações virtuais, assim como qualquer outra, possuem um certo perigo...!A periculosidade torna-se maior por não sabermos quem está por trás do pc!

Ainda prefiro conhecer as pessoas pessoalmente, mas..., quando não possível, mantenho contato, mas com todo cuidado.

Obrigada por compartilhar seus conhecimentos.Bjs e uma boa tarde.

Samuel Balbinot disse...

Bom dia José.. muito inspirador o que escreveste.. eu já vivenciei isto e estou vivenciando nos dias de hj com uma pessoa maravilhosa.. que esta ganhando 100 sonetos de amor..... as vezes por um clique uma pessoa surge em nossas vidas e tudo flue... me perdoe eu falar de novo ok rsrs mas vc tem palavras muito sábias mas a métrica não fecha... não me ache chato beleza... eu no começo tb achava que estava escrevendo soneto.. mas depois de uma pessoa me mandar ler os grandes poetas e metrificar pude perceber onde estava errando.. tu já tem 80 por cento dele perfeito.. se acertar a métrica tu mesmo vai ler ele e sentirá a diferença.. bem um grande abraço e não fica chateado comigo não.. tenha um lindo dia

Nube disse...

Hola José!! Encantada de conocerte y de que tambien seas mi seguidor.
Me ha encantado esta entrada, AMOR VIRTUAL, complicado, mucho. Pero yo llevo tres años y medio de un chico que conocí así, por internet y ahora por telefono, casi cada día hablamos pero la pena es que el no esta enamorado de mi, soy algo mas que amiga..., para mi es mucho, pero se sufre tambien mucho.