Seguidores

Translate

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Pra quê, serve as amizades ?



de: José Maria Souza Costa




Como nascem as amizades ?
Com qual interesse uma pessoa, recruta a amizade de uma outra pessoa ? Como essas pessoas, respeitam-se, dentro de um limite que não agride a intimidade, ou a opinião, de uma outra ? Por que existem ciúmes, diz - que - diz  de terceiros, quando percebem, que uma amizade deslumbra mais que outra?  É verdade ?

Afinal, o que é Amizade ?

Quais, são as paralelas, da Amizade ?

Ah, convenhamos, nessas paralelas também devem desfilarem os maldosos, os que vêem e enxergam maldades e malícias em tudo, os recalcados, os maus amados, os rancorosos de alma, mentes, pensamentos e comportamentos.
O frenético, o esquizofrenético assanhado, esses não possuem  Paz, não goza de um imaginário plural, e muito menos de um gesto de nobreza, por que não possui amizades. Nesses, o ego-centrismo permeia em uma alma desgraçada, frustada e dilacerada.

Como nascem as amizades, e pra quê  serve, esse relacionamento de afabilidade
?

8 comentários:

mundo da lua disse...

Olha é uma boa indagação
Eu não sou de muitos amigos acho que muita gente em volta acaba prejudicando o seu verdadeiro jeito de ser.
E tem aquela de um amigo seu não gostar do outro amigo muito complicado mesmo.

Mais meus poucos amigos eles são indispensáveis para que a felicidade esteja em minha vida.
enfim a amizade é algo que não se compra, não se consquista a amizade nasce sosinha.

LUZ disse...

Olá Zé,

Para que servem as amizades? Excelente pergunta, nos coloca.
A amizade é considerado o melhor e mais fiel dos afectos, e como tal, serve para ajudar, para estar com o outro, quando ele precisa e não precisa.
Amigo dá sem nada pedir.

Boa semana.
Grata pelo seu comentário.

Abraços de Luz Portuguesa.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

São os amigos que nos fazem fortes, caro amigo. Muito bom seu texto. Um abraço.

AGÊNCIA SÃO JOÃO BATISTA-MA disse...

Olá amigo José Maria...

Uma boa pergunta mesmo, mas acho que serve pra aproximar as pessoas, pra melhorar o dia de cada um, pra animar a vida...

Boa noite meu amigo...

Jailson Mendes
São João Batista-MA

VILMA PIVA disse...

Olá, Jose Maria, os amigos são essas pilastras que nos apoiam e com quem partilhamos os bons e maus momentos. Maravilha de texto!Desejo a você uma ótima semana! Beijos!

Rossana Chiara disse...

Zé, você disse uma coisa sábia demais sobre os racores da alma. Entendo que, a pior frustração de uma pessoa consiste na decepção de não conseguir se realizar. E essa realização pode ser qualquer coisa, como por exemplo, construir boas amizades.
Amizades essas que devem ser construídas com muito respeito, pois somos diferentes e imperfeitos por natureza. E ter boas amizades requer sermos bons amigos. Pois atraímos aquilo que sentimos e queremos.
E quando temos boas energias em volta, tudo flui melhor. Nos tornamos melhores. Quando doamos coisas boas, nos sentimos melhores ainda.
A minha dica é sempre a mesma para essas questões:
Se algo te faz falta, lute para conquistá-lo.
Se alguma coisa te incomoda muito pela dúvida de que poderia ter dado certo, então, abaixe as velhas armas e vá ao combate com novas armas. Descubra novos caminhos e RECONQUISTE o espaço novamente.
Lutar, não é o mesmo que vencer. Se não conseguir, sua alma ficará limpa e leve, pela certeza que de qualquer modo não daria certo. Você, aí sim, conseguirá ir adiante e pronto para a vida novamente.
Quando deixamos um sonho para trás, deixa de existir igualmente um futuro.
Quando nos focamos em ir adiante, não sufocamos nossa alma com os rancores e as feridas que ganhamos durante a batalha da vida.
Quando nos levantamos da queda, nos damos conta que essas feridas fazem parte, e por um lado são até boas, pois nos ensinam o valor de cada coisa que entra e sai de nossas vidas.
Quem desiste de uma batalha na primeira caída, nunca mereceu se quer começar a caminhada.
Esses derradeiros que sempre ficam no meio do caminho não sabem o valor da vida, e acham muito pouco lutar por ela, e por isso desistem.
Esses, sem ter nada de concreto e sem saber o valor das coisas, não pussuem nada além do que aquilo ao alcance das mãos. Esses nunca terão os melhores tesouros nem as melhores descobertas.
E a amizade, Zé, são as melhores descobertas, são nossos maiores tesouros. Pois sempre teremos.
Quem não sabe o valor da vida, não conhece do melhor dela, por isso aceitam qualquer coisa, e por isso aceitam más amizades, que não acrescetam e sim nos tiram.
Devemos sempre querer o melhor do melhor. Devemos querer as melhores amizades no lugar de qualquer uma.
Fica minha mensagem.
Beijo imenso.

Andre Guimaraes Salvatrice disse...

Adorei este questionamento... Acho que nunca senti segurança perto dos que dizem meus amigos... a cada dia tenho me decepcionado tanto quando uma certa "amizade" com alguém do meu vínculo é colocada a prova aí me questiono sobre está relação que tinha e vejo que era tudo menos uma relação sadia e pura de amizade!

Mallika disse...

Olá José.

É sempre um prazer ler um bom texto.

Boa semana.