Seguidores

Translate

sexta-feira, 29 de abril de 2011

DE QUE LADO ESTÁ A JUSTIÇA ?



Ferreira Gullar, é um renomado poeta Maranhense, que aos domingos escreve no jornal Folha de São Paulo, no caderno, Ilustradas.
Essa pergunta, ele fizera, em uma de suas citadas colunas, num domingo, que passou-se, muito recente.
Ele narra um texto, de um caso horripilante, que aconteceu aqui no interior de São Paulo, na  cidade de Cunha, em que um individuo assassinou duas irmãs, uma de 15 e a outra com 16 anos de idade. O assassino, havia saído a dois anos atrás para passar o feriado de Páscoa com a família. Familiares estes, que ele não os tem.  Esse individuo fora indultado, e nunca mais retornou à Cadeia, ou melhor só voltou agora, preso depois de assassinar as irmãs.
Em suma, Ferreira Gullar, escreve, que a justiça, não protege as pessoas do BEM.
Então tá.

Você lembra do Sr. Pimenta Neves ?

Ele era Diretor do Jornal  o Estado de São Paulo. Há mais de  10 anos  atrás, ele assassinou a Sandra Gomide, uma jovem elegante, bonita, que também trabalhava no jornal, na seção de Economia. A Sandra era 26 anos mais jovem que o Sr. Pimenta Neves. Um dia ela entendeu, que não queria mais os seus galanteios e, seus venenosos amores. Ele, a atraiu para um haras ( na cidade de Ibiúna) no interior do São Paulo, e deu-lhes vários tiros pelas costas ( covardemente.)

O Sr. Pimenta Neves, tem bons advogados. Nunca passou uma noite na Cadeia, é da elite paulistana. E como diz a letra da música, "... assim se passaram 10 anos..."

Você lembra do Dr. Roger Abdelmassi ?

É conhecido entre os burgueses de São Paulo, como o médico das Estrelas. Em sua Clinica, só passava a alta finesse da socialite paulistana, feminina. Ele está condenado a mais de 200 anos de prisão. Foi condenado, por ter sido acusado de estuprar em sua Clinica, mais de 50 dessas mulheres

Um dia tentou atualizar o passaporte, alegando que queria apenas pô-lo em dias. Dias depois, recebeu um habeas Corpus do STF ( dado pelo Ministro Gilmar Mendes ).

Aonde está hoje, neste momento, o Dr. Roger Abdelmassi ?

- Ninguém sabe, ninguém viu. Comenta-se na Policia Federal, que saiu do País para o Uruguai e dali, ninguém sabe em que Mares do Sul, ele navega.
Recordarei apenas estes três casos, para que realmente possamos refletir, sobre a arguição, do poeta Maranhense.

E a promotora, que o Brasil inteiro a viu encenando doideira, para enganar a Justiça ? Ontem foi solta, pelo também STF.
E como diz a letra da musica...  " tô nem aí "

De que lado, está a Justiça ?
Ou a Justiça, é apenas uma verborragia ?
Afinal, o que é a Justiça ?

Com a palavra, você.....a JUSTIÇA ?


7 comentários:

Néia Lambert disse...

Essas questões, muito bem colocadas por você nesse texto, ficam martelando na ideia, de que lado está a Justiça? isso é o nosso Brasil!

Um abraço

Anônimo disse...

A PALAVRA JUSTIÇA PERDEU O SENTIDO. DEVERIA DIZER, TALVEZ, DE QUE LADO ESTÃO AQUELES QUE TEM O PODER DE DECIDIR, AQUELES QUE OPERAM AS LEIS, PORQUE JUSTIÇA É ALGO IMPARCIAL, JUSTIÇA DEVE SERVIR AO BEM, JUSTIÇA DEVE COMBATER O MAL E NÃO APOIÁ-LO EM TROCA DE CONVENIÊNCIAS.
WALTER

Montserrat Llagostera Vilaró disse...

Buenas noches José Maria:

Muchas veces la llamada justicia es injusta.

Muchas veces se han condenado a inocentes y otras asesinos han sibo indultados.

Um beijo desde Valencia, Montserrat

Parole disse...

A justiça nesse país é uma piada... e esses crimes citados por ele são todos contra as mulheres...

Um lindo fim de semana.

Pedreiras News disse...

PARABÉNS,VC FAZ UM BELÍSSIMO TRABALHO COM SEU BLOG,E CONTE COM MAIS UM LEITOR DIÁRIO!

Daniel Savio disse...

Infelizmente, há muito furos na nossa justiça 9jpa que a gente não cobra)...

Fique com Deus, menino Jose Maria.
Um abraço.

Anônimo disse...

Não existe justiça neste país.

Quem começa a ler certos processos acaba se desesperando - os absurdos estão bastante visíveis mas, inexplicavelmente, ninguém enxerga absolutamente nada.

Quando você acha que acabou, vem outro processo pior, e outro pior e outro pior... Promotor não vê nada, juiz não vê nada, desembargador não vê nada - todos chancelam as tramóias cometidas.

E nem adianta denunciar:

A advogada Regina Aziz que, corajosamente, foi à Ouvidoria do TJ denunciar um juiz de uma das Varas da Fazenda Pública em São Paulo foi CONDENADA POR DENUNCIAÇÃO CALUNIOSA - logo depois, ESSE MESMO JUIZ aprontou mais um pouco e FOI REMOVIDO COMPULSORIAMENTE; depois, aprontou mais ainda e ACABOU APOSENTADO (segundo o CNJ, ele arrematou DEZENAS de imóveis em LEILOES JUDICIAIS, entre outras coisas).

Para a justiça paulista, a advogada que denunciou o juiz é uma "criminosa condenada" MAS O JUIZ, que COMPROVADAMENTE cometeu os crimes denunciados, NÃO TEVE NENHUMA CONDENAÇÃO PENAL e ainda foi beneficiado com uma gorda aposentadoria.

Resumindo: pode estuprar, pode matar, pode roubar, só não pode falar nem denunciar.

Hoje, anos depois de enganar muito facilmente o judiciário, Roger Abdelmassih foi preso - estava felicíssimo, levando seus filhos gêmeos de 3 anos à escola no Paraguai. Sua mulher é a PROMOTORA DE JUSTIÇA Larissa Maria Sacco.

Todo mundo sabe que logo logo ele está solto de novo, afinal, o judiciário parece gostar de ser enganado.

Justiça é uma palavra sem sentido, inventada apenas para finalizar as entrevistas das vítimas na televisão.