Seguidores

Translate

quarta-feira, 20 de abril de 2011

CRISTO, E OS CRUCIFICADOS NO MARANHÃO




No próximo domingo ( 24/04), celebramos a Páscoa. Mas, antes, na quinta e na sexta-feira, contemplamos a Agonia, a  Morte e a Ressureição do Nosso Senhor Jesus Cristo.
Pregaram Cristo, em uma Cruz. Isso a mais de 1.978, anos atrás.
- Qual o motivo ?
- Ele divulgava a filosofia do Amor, do bem acolher, do bem servir, e do bem distribuir.

Mesmo sabedor da sua Inocência, Pilatos omitiu-se, acovardou-se e tergiversou.
Pendurado e cravado em uma Cruz,Cristo, ouvia gracejos, risos e zombarias mil, até a Morte, e morte de Cruz, tudo, por que os seus algores, deliciavam em prazer, pelo sabor do Sangue inocente.
Com os braços abertos, estendidos na Cruz, EM uma tradução simples, de que com aquele gesto, estaria abraçando todo o planeta Terra, e que nunca mais, teríamos pessoas penduradas na CruZ do sofrimento e da injustiça. Um ledo, engano.

Por que, lá no meu amado Maranhão, os nossos irmãos, os mais necessitados, os mais humildes, aqueles que não vivem pendurados nas tetas do Estado, os excluídos, esses sim, continuam a todo instante pendurados, açoitados e crucificados, nas Cruzes de um  Governo ENERGÚMENO, debochado e debochante.

São dolorosos, os pregos, em mãos e pés, daqueles que berram, clamando por um atendimento  digno na rede hospitalar, tão cantada e decantada, versada e rimada, em período eleitoreiro, e nunca realizado.
É de bom grado e oportuno lembrar, que os Pilatos, os Caifás, as Salomés, usam a rede Albert Einst, ou a Sírio Libanês, no Estado de São  Paulo, o mais rico da Republica Federativa do Brasil, para cuidar dos seus tumores, seus bigodes e seus botoques.
Porém, enquanto isso, a patuleia Maranhense, continua pendurada  nas Cruzes dos Socorrões da vida, ou quando desce da Cruz, agoniza pelas esquinas e vielas estreitas, contemplados por mosaicos ludovicenses.
Os pregos, cravados em mãos e pés, de uma juventude que sonha em estudar, desenvolver-se, e libertar-se da lança de uma Maria Antonieta, que a qualquer momento, pode transpor-lhe o peito, e prazerosamente contemplar  as digitais  ensanguentadas.

E assim, os meus conterrâneos, os mais simples, continuam a agonizar na Cruz do Desemprego, na Cruz da falta de Moradia, na Cruz da falta da assistência Social, na Cruz das Drogas, que atormenta os meninos e as meninas, e exibem mães, chorosas e dolorosas, com o peito afogado em dor e lágrimas, sob as gargalhadas de uma Salomé, ensandecida e embriaga em sua vaidade pessoal.

Se o Estado do Maranhão, fosse o " Jardim das Oliveiras " , Cristo, seria o povo pobre e necessitado. É o caboclo do sertão, da baixada do Mearim, da região Tocantina, do Grajau, os ribeirinhos do rio Corda, enfim, todos nós, os desdentados, que clamamos por  Igualdade Social, e que não é nos dados nem a oportunidade, de exibir um sorriso de contentamento.

È insuportavel a Cruz da  Insegurança, os nosso jovens, são fuzilados pela Lança, da prostituição infantil, pelo tráfico de drogas, pelo trafico de influencias,emfim, pela oportunidade que cai sempre no colo dos amigos do Rei, e ao povo pobre, sobra sempre as faturas dos impostos, imposto de goela abaixo.
Parece que o tempo passa e não chega a nossa vez.

A vez do Progresso, do Desenvolvimento, do Emprego, da Igualdade Social, do Sorriso na cara do Menino pobre, ou uma única esperança, no olhar da Menina simples que observa, pela janela da vida, o passar dos sonhos.
Parece que o tempo da bonança, nunca chega para os Professores, para o Saneamento básico, para a Alimentação dos mais pobres, para a Saúde, enfim, para todos nós que amamos o milagre da VIDA.
Não somos nenhuma Poliana. Somos tolerantes sim, mas queremos ter voz e vez. Como diz o poeta, queremos comida, e arte, e mais o direito de escolher, sem fantasiarmos a miséria.

E neste domingo de Páscoa e da Ressureição do Nosso Senhor Jesus Cristo, queremos também, tombar os  Pilatos, os Caifás, os Herodes, As Salomés, que enclausuram-se pelos corredores do Palácio e, lambem os dedos, encontram  cunhãs que fazem cocegas em seu bigode, e coça o dedão do pé, enquanto os necessitados, os sem nada, os depovidos de tudo, arrastam-se como serpentes, implorando para descer da Cruz.

Pai, se possível, afastai de nós esses malfeitores, e em sua Ressureição, contemplai com a LIBERDADE.
Protegei-nos, por que continuamos Crucificados, e os nossos Pilatos, como sempre lavando as mãos. Há momentos, em que ele, não quer mais nem a bacia, mas uma Piscina para jogar-se dentro, e admirar a tortura, do nascer ao por do Sol, enquanto o povo pobre lamenta e chora.

Ainda assim, o nosso Pilatos, espalita os dentes, por que apostará sempre na calhordice de um Judas, que lhe oferecerá sempre um Sangue  para colar, os dedos com a dor inocente. Afinal, os delatores, ramificam-se como trepadeiras, por entender que, assim torna-se mais fácil, beber os sobejos dos Poderosos.


escreveu: José Maria Souza Costa


      

16 comentários:

Fábio disse...

A mais pura VERDADE, parabéns...........

Montserrat Llagostera Vilaró disse...

Hola José Maria desde Cáritas de Valencia, vivo esta manifestación de Cristo en la tierra.

Jesús, que nació en un Portal, el que se rodeó de enfermos y liberó a la mujer que iba a ser lapidada, y defendió a Maria Magadalena, que era prostituta.

Hay una frase Jesús está en las lágrimas de los pobres.

Beijos, Montserrat

.

AGÊNCIA SÃO JOÃO BATISTA-MA disse...

Verdade,

Os Maranhenses,não de maneira, geral, são os mais excluídos e ainda continuam votando na atual governadora...

Somos o segundo estado mais pobre do Brasil, então por que votar em uma OLigarquia que só fez mal para os maranhenses?

Cumprimentando-o, nossos parabéns pelo texto.
Jailson Mendes

Ana Terra disse...

Parabéns pelo belo texto. E acredite que nós, o verdadeiro povo maranhense nos libertaremos em breve. Esta chegando a hora da libertação, pois o povo começa a perceber que é sujeito de sua própria história.

✿ chica disse...

Texto lindo! Vim deixar meus votos de uma Páscoa santa e feliz, cheia de Bânçãos! abraços,chica

ɑɴɑɓϵɩɑѕɪɩνɑ ☮ disse...

obrigada (;

Jão disse...

É engraçado pensar em Pascoa hoje. O significado para a grande maioria é receber e dar chocolate. Poucos se lembram do verdadeiro sentido dessa data e o pior esquecem de que ao morrer na cruz por nós ele queria ensiar a boa ação de ajudar os uns aos outros, partilhar o bem.

Abraços!

Engraçadinha disse...

Bela alusão, no entanto me custa crer q existem inocentes. Creio mais, q existam ignorantes q há cada 4 anos mantém os bigodudos mamadores de teta no poder. Hj em dia, com todo o poder da mídia e da informação fácil, ainda sim o povo quer permanecer de olhos fechados. A humanidade não ousa, a humanidade tem preguiça e se arrasta a passos de formiga rumo a evolução. Ainda sim, belo texto! E obrigada pela visita.
Meus sinceros desejos de paz.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! Belo, bem coordenado e verdadeiro texto. É bom lembrar que os crucificados estão, não só no Maranhão, mas em todo Brasil.

Obrigado pela visita e pelo comentário deixado no nosso humilde espaço.

Abraços e uma ótima Páscoa pra ti e para os teus.

Furtado.

Amor feito Poesia disse...

" Quero te dar chuva de flores pela manhã.
E quando quiseres podes vir colher sorrisos
direto do quintal da minha alma..."

__Caio F. Abreu__

Com Carinho,Feliz Páscoa à voce e seus familiares...M@ria

MOREIRA NETO disse...

Meu ilustre amigo, estou passando para retribuir sua honrosa visita e lhe agradecer por ser uma pessoa gentil e muitíssimo educado...

Feliz Páscoa, saúde, sucesso, paz e harmonia para vc e toda a sua família...

Abraços Fraternais...

Soll* disse...

Oi Jose Maria.
Obrigada por sua visita.
Ja estou te seguindo.
Soll

Anônimo disse...

Rogai pelas as Quebradeiras de cocos de Benedito Leite-Ma.O seu texto é em nome da pura justiça. Parabéns. MAGNALDO BARROS FRANCO-COCOS BENEDITO LEITE-MA.

assis disse...

eu fico assim pesando comigo, sera que so nos enxergamos o abandono que o maranhão vive, a população bate palmas para esses bandidos..

José Sousa disse...

Olá José Maria!
Aqui vim para te ler e te desejar uma bela semana, mas deparei com um texto muito lindo e bem imaginado, gostei!
Deixo o meu convite para conhecer o meu novo blogue em:

http://www.transpondo-barreiras.blogspot.com/

Um abraço grande.

Negação de Irene disse...

josé, você colocou a realidade de uma forma tão tocante que emociona as pessoas. Parabéns pela fluência escrita!