Seguidores

Translate

terça-feira, 21 de setembro de 2010

NÃO QUEREMOS VER O CURRICULUM DOS - politicos.




Meus leitores..................

Qualquer mortal comum sabe, que ao sair de sua casa, em busca de uma recolocação no mercado de trabalho, dá-se inicio a um quase martírio. A pessoa gasta sola e solas de sapatos, bate o cansaço, a irritação e muitas das vezes o desanimo. Quando encaixa-se uma vaga com o nosso perfil, animamos-nos, reabilita-mo-nos. Ai, aparece o RH, e vai vasculhar a nossa vida privada.quer saber aonde mora, o nome do pai, da mãe, da avó, se  transa, se não transa,  se está com o nome no SPC, se não está, se passou cheque sem fundo, se tem religião, a qual pertence, por qual time torce( ESTE BLOGUEIRO É CORINTIANO ), o que faz nas horas vagas. São tantas as perguntas, que muitas delas em vez de entrevistas, viram um verdadeiro interrrogatório. Repentinamente, surge o ano eleitoral. Aparece candidato de todos os jeitos e maneiras, e ninguém olham o  seu currículo. na verdade tem uns que possuem mesmo "´folha corrida". ou prontuário. Vejamos o caso do ex-Governador do Distrito Federal Joaquim Roriz.

 Julgado por várias Varas Criminais, renunciou à vaga no Senado Federal, por envolver-se por corrupção,.fez embrulho e desembrulho, e continua galantemente solto, querendo outra vez o Palácio do Buriti. Pode ?  Vejamos a Roseana Sarney, Governadora do Estado do Maranhão, o currículo dessa moça resume-se à barra da Viúva, é uma Superidentente da Demagogia e da Mentira. O Estado é o quase mais miserável da Federação, aonde as pessoas não tem vez e nem voz, nem oportunidade e nem sonhos. Se o Pais fosse, uma locomotiva, o Maranhão seria uma espécie de carroça, emergida por um jeguinho mequetrefe. e quem defende esse pessoal ? Aqueles apaniguados, que mamam nas tetas do érario publico, aqueles tais quais parasitas, se embriagam nas cadeiras da Assembleia, como assessores de deputados, como puxa sacos, esses adjetivos minúsculos, que a cada dia o Estado caminha mais para o buraco, e não se percebe a luz que o faça emergir. O que o Maranhão tem de bom, são as suas belezas naturais, o seu povo e a sua gente.Alegro-me, quando mais de 7 mil pessoas entre eles a maioria estudantes, berram à porta do Palácio dos Leões " FORA ROSEANA". Certamente a governadora não está lá neste momento. O s estudantes se entrassem no interior do Palácio, não encontraria: " Nem carne moída com quiabo, e nem arroz de cuxá". Muito menos uma mesa com carteado, afinal não estamos na madrugada. E assim, quase ás cegas, são que escolhemos os nossos governantes, embriagados em nossa vaidade e embebidos de desconhecimentos e ingnorancia. Eles teem interesses que sejamos todos ignorantes, desinformados, por que assim fica mais fácil manipular. Existe a necessidade de todos nós como sociedade olharmos para frente, para o futuro, para o mundo que queremos deixar para os nossos filhos. Essa geração de ditantes e ditadores está passando, rodando, e há de cair no esquecimento por que o povo civil lhes desapiará do poder, pela força do voto. Eles, jogarão sobre nós, os independentes e livres, a censura, a cavalaria, a policia militar, os cacetetes, os porretes. Mas, resistiremos todos, por que queremos um Maranhão livre, desenvolvido  e progressista. Não queremos mais nem roedores e nem  e nem torturadores do pensamento livre. Queremos justiça social e progresso. Queremos  saneamento básico, escolas  e salários dignos, para a sustentação de cada um de nós. O Maranhão é meu, é teu, é de todos nós que pagamos impostos, para sustentar essa patuléia.
NOTA DO BLOGUEIRO:
Se quiseres direito de resposta, basta enviar e-mail para:

blogdojosemariacosta@gmail.com