Seguidores

Translate

domingo, 19 de setembro de 2010

MINHA AMADA E BELA - ARARI

  • p


    Poema em homenagem à Cidade de Arari. extraído do Livro ESSÊNCIA DAS COISAS


    de: José Maria Souza CostaBela
    Adormecida com  um Mearim gigante,
    De campos verdes
    ruas planas e avenidas.
    De casarões e contemplar  o céu.



  • Minha cidade!
    Eu me embriago com o libido matinal
    Das tuas flores.
    Dos teus campos, dos teus vales
    Com a sutileza que lhe é peculiar.

    E nas calçadas
    Cadeiras, expostas para sentar e conversar:
    Falar de amores,
    De poemas, de outras coisas,
    Dos teus poetas, que renasce sempre mais.

    Ó quanta beleza natural:
    Matas, igarapés, rios e pontes,
    Pirilampos a brilhar...iluminar.

    Se a noite cai.
    Serestas, a deslumbrar esta cidade.
    Vozes estalam entre corpos sem maldade
    E o cio agita,
    O pudor das ilusões.

    Ah ! minha cidade...
    Teus paredões, tuas calçadas,
    Teus verdes campos, teu  Campo Santo,
    Teu Rio amado.
    E a Ponte de Itapuã
    A nos ligar.


  • Ligar a cidade
    Juntar o teu céu azul,
    com um horizonte brando,
    E de mãos dadas
    Vamos juntos caminhar,
    E aprender a amar eternamente
    Sempre,
    Esta cidade.