Seguidores

Translate

terça-feira, 28 de setembro de 2010

METÁFORAS EM PAPÉIS



METÁFORAS EM PAPEIS
de: José Maria Souza Costa

Poema este, que concorre ao Prêmio Acessa São Paulo.


Quando o teu coração calar,
Agente afaga a boca
E encontra um jeito de sussurrar.


Quando as linhas, do teu pensamento costurar
Os caminhos dos  desejos, que deslizam
Entre os dedos, de um missivista virtual...


E o aroma dos teus lábios flutuar
Na direção de um outro lábio

Neste mundo desigual.

Eu pergunto: - o que fazer, o que cantar
A quem pedir, e a quem chamar ?
 - Vai caminhar ou deslizar
Vai correr ou se entregar

Vai fugir ou dispersar ?

Ou pensar que a vida é só
Metáforas, que bordam tintas e papéis

E tais pastéis, borram papéis,

E viram pó ?






--