Seguidores

Translate

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

A ROSA É CANDIDATA - DENOVOTODAHORA.



Atentai bem...
Estamos em ano Eleitoral. Adoro esse período. Tudo é muito bom. Tudo é muito farto, tudo se torna saudável e salutar. Os políticos, deliciam a vida, com o Gerúndio do verbo mentir. Fazem promessas, refazem promessas, abraçam idosos catinguentos de suor, beijam velhos desdentados, chupam a boca do diabo,  carregam crianças maltrapilhas e mal vestidas ao colo, fazem o diabo e  dão às mãos à Satanás para parecerem simpáticos, e deita sonhando e ensaiando como fazer ao encontrar com pessoas que as indaguem. Por essas e outras, decoram rapidamente , a primeira pessoa do Futuro do Subjuntivo do verbo mentir, e já "arriba" de casa preparados. Perdão, de casa, é o meu modo de escrever, por que com tantos apaniguados, essa curriola  hospeda-se  mesmo, são nos melhores hotéis, e degusta dos melhores cardápios.
Ainda que sejam em Cidades, ou Vilas, ou Vilarejos, essa gente balança-se  pra lá a pra cá, em redes macias e confortáveis. E de repente, estando fuçando na Internet, abrindo e fechando páginas de jornais, dou-me conta que a Rose (para uns) ou Rosa ( para  íntimos e bajuladores ), é candidata.
- Candidata ?! perguntaria um amigo meu, todo risonho, embriagado em sua curiosidade, disfarçado  com a sua disfassatez de um cínico eleitor teimoso, que teima em esquecer a grande obra dessa joldra: MENTIR.
Mas, preguiçosamente continuei com a minha vil curiosa tentação admirável de saber, qual a verve que desperta no âmago dessa moça bela, sorridente e faceira, que a toda eleição, continua a candidatar-se, que brilhe o Sol ou mesmo no  Silêncio  dos Calabouços.
A Rosa, não deixa nunca de está trepada no poder. Perder ? Perder, jamais. A sorridente Rosa, nunca deixou de ganhar uma eleição em seu Estado. Afinal de contas, ela é a Rosa. Como às vezes tenho um comportamento semelhante ao de pêlo de rato. Coloquei a velha cadeira de balanço na calçada, cruzei as pernas, bocejei, por que estava com preguiça de trabalhar. Queria apenas meditar, sobre as  Obras da Rosa. Só para lembrar que eu trabalho, e não tenho o privilégio dos amigos da Rosa. São todos funcionários Públicos  Estaduais, e como a Lili Boca Mole, nada faz, a não ser navegar na vida dos outros, põe-se a recitar que: os amigos da Rosa, os amigos dos amigos da Rosa, estão eternamente mamando nas têtas, do Estado. Eu, particularmente não acredito que a Rosa, que quando nasceu o seu Genitor, já  fazia do Estado, a continuação do seu Quintal, cometa um sacrilégio desses. Afinal de contas, para o seu povo, a Rosa  nunca fora uma sirigaita. Mas, como estava fantasiado de vagabundo, fiquei a  pensar, com os botões quebradiços e encardidos da minha camisola, como diria o" portuga".
MEDITEMOS - toda eleição a Rosa se candidata e ganha. Já ocupara os cargos de: Senadora da Republica, Governadora, Senadora de novo, SenadoraGovernadora, pelo jeito está Governadora neste momento. Perdão outra vez e, toda hora. Um dia a Rosa, perdeu a eleição  Como toda menina mimada, ela fez beicinho. Os meus amados leitores não fazem idéia o que o Capo da Rosa, fez para agradar-lhe. Foi a STF -  SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL -  ( o Eros Grau - um dia contará, para todos nós, como a Rosa, recebeu o  brinquedo, de presente), sacou quem estava na Cadeira de Governador, e disse-lhes: ..." toma Rosa, que isto é teu"; assim, naturalmente. Entregou para a filhota o Estado, da mesma maneira que um mortal comum, entrega ao filhote um bombom, para ser degustado.quando este churuminga. Mas, eu não creio que a Rosa, tenha alguma culpa, nessas peripécias. Ela adora aquele povo.
Depois voltei a pensar, no Estado Governado pela Rosa, tem greve de Professores, por que este profissionais, alegam não receber em dias, os seus vencimentos.  Houve no Brasil o ENEM, das 10 (dez) piores Escolas Publicas,no Brasil,  03 (três), estão localizadas no Estado Administrado pela Rosa, sendo   01 (uma ) delas, na Capital do Estado da Rosa, aonde se localiza a Sede do seu Governo. Eu, tenho certeza que a Rosa, não sabe disso, quem tem que se explicar é a Secretaria de Educação, que eu imagino cá, com os meus botões encardidos, que fora  nomeado pela Rosa. Há anos atrás, a Rosa sonhara ser  Presidente da Republica Federativa do Brasil, alguém por pura e gratuita maldade, disse à Polícia Federal, que ela guardava pacotes de dinheiro em sua singelosa Casebre. A Policia, levou parte do dinheiro. Para incriminar a Rosa inventaram uma sigla. A Rosa, chorou copiosamente. Bateu o pé. O Coronel pai da Rosa, ameaçou contar para todo o Brasil, tudo o que ele sabia e, ajudou a forjar das falcratuas do PSDB, é bom ler - José Serra - hoje candidato pela mesma sigla. Dias atrás o jornal O ESTADO DE SÃO PAULO, denunciou outra peripécia da Rosa. Diz o jornal que: a Rosa, fingiu pedir empréstimos de 4 milhões de dólares ao seu coleguinha, na época banqueiro Edmar Santos.( dono do Banco Santos ), na verdade o que ela fizera foi sacar, Um Milhão e Meio de Dólares, que estavam guardados em Bancos na Suíça, para quem sabe ler e escrever, isso chama-se " Lavagem de Dinheiro". Um dia o jornal O ESTADO DE SÃO PAULO, publicou conversas gravadas do irmãozinho da Rosa, fazendo travessuras. Pronto, toda aprole da Rosa ficou revoltada, furiosa. Um Desembargador em Brasília, amigo do Pai da Rosa, silenciou e censurou o jornal. O jornal O ESTADO DE SÃO PAULO, está neste momento censurado, a mais de 392 dias. No Estado Administrado pela Rosa, não existe Saneamento Básico, em 80% das Cidades do Interior do Estado. No Estado Administrado pela Rosa, as Ruas, os Prédios Públicos, as Salas Publicas, as Maternidades, os prédios dos Tribunais. as Pontes, as Praças, tudo tem uma  PLACA, com o nome ou sobrenome, da família da Rosa. O Estado Administrado pela Rosa, é o mais miserável da Federação, o mais pobre, o mais necessitado, aonde o índice de mortalidade infantil, ocupa os primeiros lugares. A Rosa, e a família, administra o Estado, um pouco mais de quarenta anos, e prometem não largar, e desafia aqueles que pensam em progresso. O Estado  Administrado pela Rosa, é como se fosse o ultimo Vagão de uma Locomotiva Velha, acabada, estourada, rompida, desgraçada e rôta, que ao seguir viagem deixa os Passageiros em pânico.
A minha amiga - a Rosa - é candidata outra vez. Ela cochichou aos meus ouvidos que independente do resultado é a ultima vez que concorrerá, eu duvido, a Rosa, é uma menina sapeca, mimada, artilosa, faz beicinho debaixo das camisolas, e não sei se confortar-se-á, a entregar ao  Progresso, aquilo que imagina ser a continuidade da sua CINTRINA.
Tomara que a Rosa, esteja falando-me a verdade, tomara que ela esteja em um instante de lucidez, tomara que ela entenda, que a sua gente, o seu povo precisa acompanhar os passos do Brasil, sentindo pela janela do Desenvolvimento, a esperança de dias melhores. Afinal, chega de Rose, para os íntimos ou Rosa, para bajuladores, cupixas e apaniguados.
Oremos todos, por que  - a Rosa - pode pensar em acordar em 2014, e querer condenarmos a mais 40 anos de atraso e desgraça. Assim ela concorre com o Fidel Castro, na longevidade dos Ditadores. A Rosa não sabe, não quer saber, não tem o menor interesse em saber, o que significa um Estado Republicano. Pra ela, tudo é prosa.Tudo é farsante, quase tudo reluz como um Falso Brilhante. E, não adianta o pessoal da intriga, vir comparar a minha redação, com o Governo da Outra. A outra, é minha amiga, sou apaixonadíssimo pelo seu corte de cabelo " Chanel Coco",ficou deslumbrado com o seu sorriso e encantado, com o brilhar dos seus dentes. Não vem que não tem, bacalhau . Mas, não esqueça da Rosa, e a Rosa, não pode permanentemente dormir em berço explendido, por que um dia o Povo acorda, e lhe dirá: O Estado  é nosso, e não teu...
Eu, hein! Rosa.





      



--