Seguidores

Translate

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

VERSOS SOLTOS

Ó América... que canto suave deita mar a dentro
Que lágrima pesada exala a Mãe África
O que terás em comum, com a Negra Pátria
Que gemes tanto por matas devastadas.

Por que não cantas as canções de glórias
As de outroras, que cantavas dantes
As que pedia mais e mais vibrantes
Informes gerais d"outros teus amantes.

Pra cantar rimas deslocadas e mudas
Pra falar da noite tão serena e lume
Pra morrer de amor, como dois amantes
Que namora a lua e morre de ciúmes.