Seguidores

Translate

terça-feira, 23 de setembro de 2008

de: RENATA APARECIDA DIAS.

Olá José Maria, Irei ler tua obra com carinho! Abaixo tem algumas criações minha, leia e comente =) EpitáfioLuz
EpitáfioLuz
Apagada!
Corpo Calado!
Cama Desarrumada!
Peito Acorrentado!
Forma nua no escuro do quarto
Carpe diem
Um dia a mais corrido e cansado
Um dia a mais na Compania de um velho retrato.
Vozes!
A rua emite sonsSorrisos!
Cinismo é piada!
Água
A terra anda abismada!
Ação
O povo não sente nada!
Formas e formas no escuro do quarto
Um retrato real de uma pessoa normal
Um momento anormal de uma cena exclusa
Mundos e mundos escondidos por trás de um olhar
Fantasmas e carmas no escuro do meu quarto.
Nota:
Este poema é da Renata Aparecida Dias - minha colega de faculdade e faço essa homenagem a ela publicando aqui neste espaço, por ser a mulher que mais conversa durante as aulas...vai ter assunto assim...lá no bairro da Aclimação.
Renatinha, um beijo do tamanho da nossa amizade.